Hora 7 Flagrante insólito: pássaro pega carona em galho carregado por águia

Flagrante insólito: pássaro pega carona em galho carregado por águia

Imagem viralizou no Reddit, em que foi tema de piadas. Pássaro folgado foi descrito como 'hostil e idiota'

  • Hora 7 | Filipe Siqueira, do R7

Resumindo a Notícia

  • Uma fotógrafa registrou uma interação rara e curiosa entre duas aves
  • Um pássaro pegou carona em um galho levado por uma águia
  • Segundo especialistas, a águia provavelmente queria construir um ninho dos grandes
  • Já o melro, é descrito como territorial
Quais seriam as intenções desse pássaro caronista?

Quais seriam as intenções desse pássaro caronista?

Reprodução/Jocelyn Anderson (via Reddit)

Uma imagem estranha e alucinante viralizou nas redes sociais e deixou muita gente boaquiaberta: uma águia-pesqueira carregava um galho enquanto uma segunda ave pegava carona nele.

O pássaro caronista, identificado como um melro-de-asa-vermelha, abre as asas apenas para estabilizar o voo.

A imagem viralizou no Reddit, recebendo mais de 83 mil votos positivos — a medida de popularidade da rede social.

Segundo a fotógrafa Jocelyn Anderson, que capturou a imagem, o melro queria afastar a águia do pântano onde estava com outros colegas da espécie. Já a águia provavelmente estava focada em construir uma casa nova.

"Imagino que esse galho aí seja para a produção do ninho", afirma Milena Giorgetti, bióloga  especialista em pássaros.

Já no Reddit, os comentários tiveram um cunho muito mais bem-humorado. A maioria deles comparava a águia a um motorista de Uber.

“Sim, apenas me deixe aqui, por favor, companheiro”, disse um usuário. Outros comentários destilaram certo ódio pelos melros, descritos por alguns como "idiotas e hostis".

"Eles [os melros] costumavam me aterrorizar perto do ninho em uma reserva natural onde eu costumava caminhar", afirmou uma pessoa que diz morar na Pensilvânia.

Biólogos descrevem essa espécie de melro como "muito territorial", capaz até de intimidar aves bem maiores que ele, principalmente em períodos de reprodução.

LEIA ABAIXO: Separe cinco minutos da sua vida pra ver o quão gigante é uma harpia

Últimas