Hora 7 Grupo de amigos fica cara a cara com ave mais perigosa do mundo sem se dar conta: 'Muito bonita'

Grupo de amigos fica cara a cara com ave mais perigosa do mundo sem se dar conta: 'Muito bonita'

Casuar, como o animal é conhecido, possui garras afiadas e comportamento explosivo. Encontro foi compartilhado no TikTok

  • Hora 7 | Do R7

Resumindo a Notícia

  • Um grupo de amigos realizava um piquenique em uma praia na Austrália
  • De repente, uma ave curiosa se aproximou deles, enquanto era filmada
  • O vídeo acabou no TikTok de uma das presentes, que logo foi alertada sobre o perigo que correu
  • Ela simplesmente esteve frente a frente com um casuar, ave extremamente perigosa
Ave conhecida como casuar é considerada uma das mais perigosas do planeta

Ave conhecida como casuar é considerada uma das mais perigosas do planeta

Montagem/R7, com Reprodução/TikTok/@melaniafuentes

Um grupo de amigos realizava um piquenique em uma praia na Austrália, quando uma ave curiosa se aproximou. Naquele momento, Melanie Fuentes, que participa de um programa de trabalho de férias no país, ficou encantada, sem ter se dado conta do perigo que corria.

Ela fez questão de gravar o bicho e compartilhar o registro no TikTok, e o classificou como "muito bonito". Assista abaixo:

"É sua primeira semana na Austrália trabalhando nas férias e você filma um passarinho [sic] lindo que vê na praia", diz a primeira legenda do vídeo.

Como ela mesma destacou durante a gravação, não demorou para que diversos internautas a alertassem sobre quem realmente esteve diante dela: um casuar, ave considerada por especialistas uma das mais perigosas do mundo, devido às garras extremamente afiadas e por seu temperamento altamente explosivo.

"Essa ave pode te matar", comentou um internauta. "Melania, esse animal é um dos mais perigosos do mundo, pesquisa no Google", aconselhou outro.

Vale o clique: Bacalhau na banheira? Veja como são as ceias de Natal pelo mundo

A postagem também é acompanhada por diversos conteúdos pesquisados pela turista sobre ataques de casuares a humanos.

Um deles, por exemplo, noticia a morte de um criador da ave nos EUA, em 2019. Ele foi atacado no quintal da propriedade onde criava o animal, sob licença das autoridades da Flórida.

Na época, pesquisadores informaram que uma arranhada do animal é capaz de rasgar qualquer pele.

Já o pedestre desavisado a seguir levou um soco devastador de um agressor misterioso:

Últimas