Hora 7 Holandês tem joelho operado, esquece idioma nativo e só se comunica em inglês durante 24h

Holandês tem joelho operado, esquece idioma nativo e só se comunica em inglês durante 24h

Jovem de 17 anos acordou de cirurgia sem conseguir falar com médicos conterrâneos. Ele também acreditava estar em Utah, nos EUA — local onde nunca esteve

  • Hora 7 | David Plassa, do R7

Resumindo a Notícia

  • Um holandês acordou de uma cirurgia no joelho sem conseguir se comunicar no idioma nativo.
  • Ele falava apenas em inglês, idioma aprendido na escola, mas que não usava fora das aulas.
  • Médicos acreditam que ele desenvolveu um caso raro de 'síndrome da língua estrangeira'.
  • Apesar do contratempo, o paciente voltou a falar holandês cerca de 24h após a operação.
Jovem holandês esqueceu o idioma nativo e só se falava em inglês após operação no joelho

Jovem holandês esqueceu o idioma nativo e só se falava em inglês após operação no joelho

Arte/R7, com Pixabay

Um holandês de 17 anos foi submetido a uma cirurgia no joelho, após lesão sofrida durante uma partida de futebol. Apesar do procedimento ter sido realizado em um hospital local, o jovem paciente acordou da anestesia sem conseguir se comunicar com a equipe médica na língua nativa. Ele falava apenas em inglês, idioma que aprendeu na escola, mas que nunca utilizava fora da sala de aula.

Além disso, o rapaz também não reconhecia os próprios pais e acreditava estar em alguma parte de Utah, nos EUA.

A história curiosa veio à tona recentemente por meio do períodico Journal of Medical Case Reports, onde o paciente foi enquadrado em um caso extremamente raro de "síndrome da língua estrangeira" — que diverge da síndrome do sotaque estrangeiro, quando um indivíduo passa a falar com a pronúncia característica de determinada região.

Vale o clique: Cadê o gato? A arte da camuflagem foi atualizada por estes felinos

Até hoje, pouco se sabe sobre a condição, que possui apenas oito relatos dentro da literatura médica. A duração das ocorrências variam entre alguns minutos até vários dias.

O jovem jogador, por exemplo, voltou a falar holandês ao ser visitado por amigos, cerca de 24h após a cirurgia. Submetido a exames regulares nos meses seguintes, ele afirmou não ter dificuldade em falar ou entender a língua nativa. No entanto, relatou não conseguir se lembrar das coisas tão bem quanto antes do procedimento no joelho.

Até o momento, médicos acreditam que a condição apresentada pelo rapaz possa estar relacionada de alguma forma ao delírio do despertar pós-operatório.

Por falar em idiomas, o resgate de uma arara poliglota exigiu conhecimentos em inglês, turco e grego. Entenda abaixo!

Últimas