Hora 7 Leões-marinhos invadem fazenda de salmão, se empanturram de peixe e não querem ir embora

Leões-marinhos invadem fazenda de salmão, se empanturram de peixe e não querem ir embora

Dezenas de animais escaparam de todas as proteções da propriedade do Canadá e se banquetearam

  • Hora 7 | Do R7

A festa dos leões-marinhos está só começando

A festa dos leões-marinhos está só começando

Reprodução/Clayoquot Action

Leões-marinhos descobriram uma forma de ter uma vida bem mais fácil no Canadá. Dezenas deles invadiram uma fazenda industrial de criação de salmão e se recusam a sair do lugar, enquanto se empanturram de peixe.

A invasão foi classificada como um "evento de violação" pela Cermaq, corporação gigante do ramo da aquicultura, que opera a fazenda ocupada, em Tofino, na costa oeste do país.

Relatórios da empresa disseram que os mamíferos conseguiram evitar as redes e cercas elétricas que cercam a fazenda, antes de começar o banquete. Todos os esforços para expulsá-los falharam até o momento.

A empresa já usou mergulhadores e sons altos para se livrar dos invasores, mas eles decidiram ficar por lá. Novas saídas até foram abertas para facilitar a vida deles, mas a oferta de salmões chamou mais a atenção dos ávidos devoradores.

A Cermaq disse que, inclusive, rolou o efeito contrário: mais leões-marinhos chegaram para tirar a barriga da miséria. Os donos da propriedade estimam que as piscinas dos criadouros contenham cerca de 500 mil salmões, embora já tenha começado a época de comercialização dos animais.

Apesar da comida farta, ecologistas alertam que as fazendas são um grande risco para os leões-marinhos. O maior perigo são as redes e mangueiras, que podem prender os animais e matá-los.

Segundo o jornal Guardian, os grupos conservacionistas locais há muito lutam contra as fazendas de aquicultura, que mataram mais de cem leões-marinhos em pouco mais de uma década. Até uma baleia-jubarte foi morta na região por uma proteção similar.

Donos de fazenda temem que o episódio seja uma mostra de que os leões-marinhos estão se acostumando com a presença de humanos e mais propriedades serão invadidas. Algo bastante similar ocorreu com os ursos da Califórnia.

LEIA ABAIXO: Leão-marinho aparece em estrada e ninguém sabe como ele chegou lá

Últimas