Hora 7 Morador descobre dezenas de bolas de boliche empilhadas sob a casa

Morador descobre dezenas de bolas de boliche empilhadas sob a casa

Proprietário demoliu as escadas da área externa do imóvel e se deparou com as pesadas esferas soterradas no local

  • Hora 7 | David Plassa, do R7

Resumindo a Notícia

  • Uma morador de Muskegon, nos EUA, encontrou centenas de bolas de boliche sob a casa.
  • Ele foi informado de que as esferas foram fabricadas por uma empresa hoje inativa na região.
  • Algumas bolas eram descartadas em lixeiras, que ficavam acessíveis ao público na época.
  • A teoria é que o antigo proprietário as tenha usado para poupar na construção do imóvel.
Morador de Muskegon, nos EUA, descobriu 160 bolas de boliche sob casa recém-comprada

Morador de Muskegon, nos EUA, descobriu 160 bolas de boliche sob casa recém-comprada

Montagem/R7, com David Olson (via Fox News)

Uma morador de Muskegon, nos EUA, descobriu que a casa onde vive há dois anos foi construída sobre dezenas de bolas de boliche. Algumas delas intactas, enquanto outras encontravam-se danificadas ou em fragmentos.

Em entrevista ao canal Fox News, David Olson, 33, explicou que decidiu refazer as escadas de cimento da área externa do imóvel, devido a inclinações presentes nas estruturas. Assim que começou a remover os blocos de concreto dos pavimentos, a supresa veio acompanhada do motivo do desnível: as tais bolas de boliche.

A princípio, Olson teve medo de estar diante de "algum tipo de depósito de lixo com "material perigoso", revelou. Assim, antes de continuar a obra, entrou em contato com a fabricante das pesadas esferas. Logo, ele foi informado de que a empresa manteve uma fábrica na região durante décadas e ficou tranquilo para continuar as escavações.

Vale o clique: Vovô destemido encara valentão em briga por causa de jardim

O morador também identificou desníveis nas demais áreas cimentadas do quintal: "Minha estimativa é que provavelmente haja outras tantas [espalhadas] pelo solo", avaliou.

Ao pesquisar o passado do imóvel, ele apurou que o antigo construtor e proprietário original da casa era um antigo dono de uma oficina mecânica, falecido em 2016. Olson teoriza que o homem precisava preencher o terreno e solucionou como pôde a questão.

Antigos funcionários da fábrica de bolas de boliche contaram a ele que as lixeiras para descarte de resíduos do local ficavam destrancadas e acessíveis a qualquer curioso. "Penso que foi assim que tudo acabou: havia um cara que precisava preencher um vazio e as bolas eram mais baratas do que a terra", concluiu o morador.

Leia mais! Pato inflável gigante surge próximo a porto com a palavra 'alegria'

Quanto aos tesouros desenterrados, Olson disse já ter doado oito deles. O restante, ele espera reunir em uma criativa exibição no jardim da histórica e inusitada propriedade.

Ainda nos EUA, uma família descobriu um jovem de 18 anos vivendo no sótão da casa. Entenda abaixo!

Últimas