Hora 7 Moradora encontra 'ornitorrinco do mundo dos insetos' dentro de casa

Moradora encontra 'ornitorrinco do mundo dos insetos' dentro de casa

Fotos da criatura com aspecto incomum foram compartilhadas no Facebook, onde internautas identificaram o bicho

  • Hora 7 | David Plassa, do R7

Resumindo a Notícia
  • Uma moradora australiana foi surpreendida por uma criatura bem peculiar dentro de casa.

  • Aparentemente, era um inseto, mas com características que o distanciavam desses animais.

  • Ela compartilhou fotos do bicho no Facebook, onde internautas a ajudaram na identificação.

  • Tratava-se de um grilo-toupeira, 'o ornitorrinco do mundo dos insetos', como é conhecido.

Moradora australiana encontrou 'ornitorrinco do mundo dos insetos' dentro de casa

Moradora australiana encontrou 'ornitorrinco do mundo dos insetos' dentro de casa

Reprodução/Facebook/Bree Kelly

Uma moradora da região de Noosa, na Austrália, foi surpreendida por um inseto de aparência no mínimo diferenciada dentro de casa. Com o intuito de identificá-lo, Bree Kelly, como se identifica nas redes, fotografou o animal e compartilhou as imagens em um grupo do Facebook.

"Alguma ideia de que criatura é essa?", perguntou na postagem. "Presumo que seja um inseto, mas tem... mãos...", reparou.

Bree conta que vive há três anos e meio no local, mas é a primeira vez que se depara com esse tipo de criatura. "Não tenho certeza se devo achá-los legais ou horríveis", escreveu.

Apesar das respostas que aproximavam o bicho de uma possível invasão alienígena, muitos internautas levaram o trabalho de identificação a sério e ajudaram a tranquilizar a moradora.

Vale o clique: 'Óvnis são 100% reais e já vi um deles', diz atacante Gareth Bale

Bree abrigrigava na residência dela um grilo-toupeira que, segundo o Daily Mail, é frequentemente descrito como "o ornitorrinco do mundo dos insetos".

Um artigo da revista Australian Geographic reforça o caráter híbrido do animal: "Na parte da frente, parece uma toupeira, com olhos escuros e redondos", descreve, "na parte de trás, parece um grilo, com lindas asas de fada e um corpo longo em forma de charuto."

O Museu Australiano, o mais antigo do país, explica que as patas dianteiras, semelhantes a pás, são usados pelos grilos-toupeira para cavar tocas. Possuem abdômen macio, vivem tanto em bosques quanto em áreas urbanas e são mais ativos no verão.

Leia mais! Militar condena maconha: 'Fumei nos EUA e acordei no Quênia'

A moradora agradeceu a resposta e mostrou certo alívio por não estar diante de algo "alienígena, mutante ou mortal".

Já outro morador despertou ao som de um violão tocado por uma barata. Confira abaixo!

Últimas