Reino Unido

Hora 7 Peixinho das profundezas é achado em praia e intriga pesquisador

Peixinho das profundezas é achado em praia e intriga pesquisador

O boarfish normalmente nada a cerca de 700 m de profundidade, mas um deles foi achado em uma praia britânica

  • Hora 7 | Filipe Siqueira, do R7

Resumindo a Notícia

  • Duas crianças britânicas acharam um peixinho dourado em uma praia britânica
  • Mas o animal normalmente vive a 700 m de profundidade e raramente nada na costa
  • A descoberta intrigou o pai delas, um pesquisador amador da vida marinha
  • Ele afirma que em décadas de estudos nunca viu o animal do tipo na região
Animal foi achado por crianças durante passeio com cachorros

Animal foi achado por crianças durante passeio com cachorros

Reprodução/Ziggy Austin (via The Sun)

Um pesquisador amador ficou bastante intrigado após a filha dele achar um peixinho dourado das profundezas nadando tranquilamente em uma praia do Reino Unido. Para tornar o mistério ainda maior, essa é a terceira vez que uma espécime do tipo é achada em praias da região desde abril.

O animal é conhecido como boarfish — peixe-javali, um nome que na verdade corresponde a uma família completa de peixes, a Caproidae —, tem cerca de 30 cm, e vive em profundidades abaixo dos 50 m, mas são normalmente vistos abaixo dos 700 m, um número grande para um peixe deste tamanho.

Um deles foi descoberto recentemente por Ellie, 7 anos, e Lauren, 5, filhas de Ziggy Austin, um inglês que se descreve como "pesquisador amador" e "obcecado pelo mar". O trio passeava com os cachorros da família quando as meninas apontaram para o animal boiando na água.

No local da descoberta, a praia de Maidencombe, no sul do Reino Unido, foram achados outros três peixes do tipo em março e abril.

Isso é muito mais que os registros médios anteriores catalogados no país, que apontam apenas um desses achado em todo o Reino Unido por ano, segundo o tabloide The Sun.

De acordo com Ziggy, o animal ainda "estava fresco", o que indica que ele tinha acabado de morrer. Como o tempo estava claro, é muito improvável que ele tenha sido trazido de outros locais para a costa.

"Eu conheço praticamente todas as espécies de peixes que existem aqui nessa parte da costa, e esse peixe era algo que eu nunca tinha visto antes", afirmou Ziggy ao tabloide The Sun.

Uma possibilidade apontada por ele, mas que ainda precisa de investigação, é que o peixinho durado tenha morrido ao comer algum animal com muito microplástico. Em peixes menores, uma quantidade mínima de microplástico pode significar a morte, uma vez que tais porções não podem ser digeridas pelo corpo.

LEIA ABAIXO: Peixe abissal encontrado em praia é ainda mais assustador vivo

Últimas