Hora 7 Pesquisador identifica substância misteriosa que suja pés em praia

Pesquisador identifica substância misteriosa que suja pés em praia

Banhistas do Maine (EUA) evitaram a costa por alguns dias. Segundo eles, substância era muito difícil de lavar

  • Hora 7 | Filipe Siqueira, do R7

Uma nova estética nasceu nas praias do Maine

Uma nova estética nasceu nas praias do Maine

Reprodução/YouTube/ WMTW-TV

Um mistério assustou os banhistas de uma praia do Maine (EUA) por cinco dias: bastava pisar na areia para a sola dos pés ficar pretas. Parecia poeira comum, mas a substância era extremamente difícil de lavar.

O Departamento de Parques e Recreação do Condado de York abriu uma investigação, contratou um especialista veterano e deu a resposta final no site.

Segundo as autoridades, se trata de restos de insetos minúsculos esmagados em Wells Beach, a tal praia que sujava todos. A pesquisa foi feita pelo oceanógrafo John Lillibridge, recentemente aposentado de um emprego federal.

A hipótese inicial é que algas que absorveram algum tipo de óleo poderiam ser o problema.

"Para nossa surpresa, não foi algum tipo de alga ou derramamento de óleo como foi sugerido, mas sim apenas um monte de insetos mortos na água", disse ele, em entrevista à rede WMTW-TV.

LEIA MAIS: Restaurante francês lança menu sofisticado com insetos e larvas

Steve Dickson, um geólogo marinho do departamernto florestal do Maine, confirmou as descobertas de Lillibridge.

Os milhões de insetos são pequenos besouros — muito pequenos, com asas do tamanho da cabeça de um alfinente — que ainda não tiveram uma origem estabelecida.

Os dois ainda não sabem se esse será um fenômeno recorrente, mas esperam que uma simples mudança de vento os leve embora da praia.

Segundo ele, é comum para muitos insetos comerem plantas com pigmentação natural ou ainda possuírem uma pigmentação própria.

Por isso, em alguns países, insetos são usados para tingir roupas.

LEIA ABAIXO: Insetos ficam lindos quando vistos de perto. Comprove com estas fotos

Últimas