Hora 7 Queda de óvni no Havaí permanece sem explicação, segundo relatório

Queda de óvni no Havaí permanece sem explicação, segundo relatório

Administração Federal de Aviação dos EUA documentou que não havia nenhum treinamento ativo na área no momento do incidente

  • Hora 7 | David Plassa, do R7

Resumindo a Notícia

  • A Autoridade de Aviação dos EUA ainda não sabe explicar a queda de um óvni no Havaí.
  • O fenômeno foi registrado na ilha de Oahu, na noite do dia 29 de dezembro de 2020.
  • Segundo relatório da entidade, não havia atividade na área no momento do incidente.
  • Na época, a FAA também não deu falta de nenhuma aeronave disponível no perímetro.
Autoridade de Aviação dos EUA ainda não conseguiu explicar queda de óvni no mar havaiano

Autoridade de Aviação dos EUA ainda não conseguiu explicar queda de óvni no mar havaiano

Reprodução/Twitter/Insider Paper

A suposta queda de um óvni azulado na costa oeste da ilha havaina de Oahu permanece sem explicação oficial. O fenômeno foi registrado por diversas testemunhas na noite de 29 de dezembro de 2020 e fez com que polícia local recorresse à Administração Federal de Aviação dos EUA (FAA, na sigla em inglês).

Na época, a entidade informou que não houve qualquer incidente com aeronaves no perímetro da possível queda do objeto azulado. No entanto, moradores estão convictos da experiência que tiveram.

Uma mulher de 38 anos, identificada como Moriah, disse ao Hawaii News Now não acreditar em óvnis. Mas, ao avistar brilho no céu, saiu do carro com o marido para segui-lo: "Não sei o que era”, assumiu, "estava indo muito rápido."

Outro característica que intrigou a moradora foi o fato da possível aeronave não emitir som algum: "O que quer que fosse, caiu na água", pontuou.

Relatório da FAA

Baseado no direito à Liberdade de Informação dos EUA, John Greenewald, do site investigativo The Black Vault, solicitou à FAA o relatório sobre o incidente (disponível aqui). De acordo com o documento, a entidade ainda não conseguiu identificar a natureza do objeto em questão. 

A FAA garante que não havia nenhum treinamento ativo na área naquele momento e não existe a possibilidade de um piloto ter "desviado" a rota para o perímetro da queda.

Vale o clique: A longa e intensa obsessão do Príncipe Philip por óvnis e ufologia

"O Departamento de Polícia de Honolulu ligou para perguntar se estava faltando algum A/C (aeronave)", diz um trecho do texto. "Alguém de Nanakuli ligou para eles e disse que há um possível A/C abatido a 300 metros da costa. Verifiquei com o controlador H e não está faltando nenhum A/C."

Especulações online

A incapacidade da FAA em determinar a natureza do objeto alimentou uma nova leva de especulações entre os internautas. Segundo apuração do tabloide Daily Star, a maioria não ficou surpresa com a falta de resposta da Autoridade de Aviação dos EUA.

No entanto, alguns sugeriram que o brilho azulado sobre a ilha havaiana seria apenas uma pipa com iluminação LED: "Vi muitas comparações com pipas de LED e definitivamente se parece com uma", defendeu um usuário.

Enquanto outro teve uma abordagem diferente e mais detalhista: "Era um balão chinês em chamas, que acidentalmente foi agarrado por um pequeno drone comercial. Sem mistério."

Já um óvni flagrado em uma imagem do Google Street View foi identificado. Confira abaixo!

Últimas