Segredos do Mundo Al Capone – História do criminoso que dominou os EUA nos anos 1920

Al Capone – História do criminoso que dominou os EUA nos anos 1920

Durante o período da Lei Seca, nos Estados Unidos, Al Capone dominou o crime em Chicago e se tornou inimigo público número 1 das autoridades. Essa matéria Al Capone – História do criminoso que dominou os EUA nos anos 1920 foi criada pelo site Segredos do Mundo.

Al Capone foi um dos principais gângsteres da história dos Estados Unidos. Durante a décadas de 1920, ele foi um dos maiores responsáveis por liderar um grupo de contrabando de bebidas, durante a Lei Seca estabelecida no país.

Líder do crime organizado de Chicago, ele chegou a acumular uma fortuna estimada de US$ 100 milhões, com apenas 28 anos. Além de controlar o contrabando de álcool, também comandava serviços de jogo e prostituição.

Apesar de diretamente ligado a uma série de crimes, Al Capone acabou sendo preso por sonegação de impostos, em 1931.

História de Al Capone

Al Capone - quem foi o criminoso que dominou os EUA nos anos 20

Al Capone - quem foi o criminoso que dominou os EUA nos anos 20

Segredos do Mundo
All that is Interesting

Alphonse Gabriel Capone, nasceu em 17 de janeiro de 1889, no Brooklyn (Nova Iorque). Ítalo-americano, ele era filho dos imigrantes Gabriel Capone, barbeiro, e de Teresina Raiola, costureira, vindos da província de Salermo.

Além de Al, a família teve outros seis filhos: alvatore (apelidado de Frank), Rafaelle (Ralph Bottles), Vincenzo, Rosalia (Rose) e Mafalda.

Quando tinha 14 anos, Al foi expulso da escola, após agredir uma professora. Na mesma época, ele passou a integrar dois grupos de delinquentes juvenis, “Brooklin Rippers” e “Forty Thieves Juniors”. Foi assim, então, que acabou trabalhando para o gângster Frank Yale.

Foi também durante a adolescência, que Al Capone ganhou um de seus principais apelidos. Na época em que trabalhava no bar Harvard Inn, acabou sofrendo um três cortes de faca no rosto. Ainda que tenha sobrevivido, ficou com uma cicatriz marcante. Dessa maneira, passou a ser conhecido como Scarface, do inglês rosto de cicatriz.

Al Capone casou-se no dia 30 de dezembro de 1918, com Mae Joséphine Coughlin, descendente de irlandeses. No mesmo ano, pouco antes do casamento, a mulher deu à luz um menino.

Carreira criminosa

Al Capone - quem foi o criminoso que dominou os EUA nos anos 20

Al Capone - quem foi o criminoso que dominou os EUA nos anos 20

Segredos do Mundo
Museu de Imagens

Em 1919, Al foi mandado para Chicago, sob ordens de Frank Yale. A decisão foi tomada depois que ele se envolvera com a polícia, num caso de homicídio. Sendo assim, ele foi embora com toda a família e passou a trabalhar para um novo gângster: Johnny “The Brain” Torrio, mentor de Yale.

Torrio comandava um ambiente modelo entre os estabelecimentos criminosos da cidade. O local fazia parte de uma rede de empresas ilegais administradas por seu chefe, James “Bim Jim” Colosimo. Além de administrar atividades ilegais, o ambiente também contava com um porão onde ele e Al Capone costumavam torturar e executar inimigos.

Em 1920, com a morte de Big Jim, Al e Torrio herdaram o império criminoso. A partir daí, eles organizaram uma rede com uma gang atuando em cada região do estado, garantindo o domínio local.

Com o decreto da Lei Seca, no início da década de 1920, a produção e o comércio de bebidas alcoólicas nos EUA foi declarada ilegal. Foi na mesma época que Al Capone assumiu o controle dos negócios de Torrio, aos 26 anos, depois que o chefe foi baleado por rivais. Torrio resistiu, mas decidiu se aposentar com uma fortuna de US$ 30 milhões.

Por meio de uma combinação de boa administração, frieza e violência, Al garantiu o lucro da gangue. Em 1929, já era responsável por controlar grande parte dos serviços ilegais de Chicago, incluindo pontos de apostas, casas de jogo, apostas das corridas de cavalos, clubes noturnos, cervejarias e destilarias.

Massacre de São Valentim

Al Capone - quem foi o criminoso que dominou os EUA nos anos 20

Al Capone - quem foi o criminoso que dominou os EUA nos anos 20

Segredos do Mundo
History

Entre os crimes mais famosos ligados a Al Capone está o Massacre de São Valentim, em 14 de fevereiro de 1929. A fim de livra-se dos rivais da Gangue do Lado Norte, Al determinou a execução de Bugs Moran, único líder sobrevivente da organização.

Sob ordens de Al, um grupo manteve vigilância em frente ao depósito comandado por Moran. Assim, no dia 14 de fevereiro, um grupo disfarçado de policiais invadiu o local executou o líder rival, além de outros seis homens.

Apesar da brutalidade do crime, fotos dos cadáveres foram vazadas e publicadas pelos veículos de imprensa da época. Rapidamente, Al Capone foi ligado ao massacre, pondo sua reputação em cheque.

Prisão de Al Capone

Al Capone - quem foi o criminoso que dominou os EUA nos anos 20

Al Capone - quem foi o criminoso que dominou os EUA nos anos 20

Segredos do Mundo
Museu de Imagens

Como parte das investigações do recente massacre, Al foi convocado para depor em júri. No entanto, o gângster alegou estar doente para fugir do depoimento.

Pouco depois, ele decidiu ceder, sabendo que não poderia fugir da responsabilidade por muito tempo, e acabou preso logo após deixar a sala do tribunal. A prisão foi feita sob alegação de desacato, a partir da mentira da doença.

O grupo responsável por desmontar as organizações de Al Capone foi liderado por Eliot Ness, da Agência do Tesouro dos EUA, e chamado de Os Intocáveis. Enquanto o gângster estava preso, o grupo fortaleceu as investigações. Em 1930, Al saiu da prisão, mas foi preso novamente pouco tempo depois.

A prisão fez parte de uma manobra política de um juiz local, que usou da publicidade da manobra para concorrer às eleições municipais da Flórida, onde Al Capone foi detido.

No entanto, a investigação dos Intocáveis ainda encontrava obstáculos. Como o criminoso não possuía bens em seu nome – nem mesmo uma conta bancária própria –, o grupo focou nos gastos de Al.

Dessa maneira, o grupo apresentou despesas de itens como roupas, acessórios, carros, joias e charutos e comparou com a renda declarada, defendendo falsificação por parte de Al Capone. Primeiramente o irmão de Al, Ralph, foi preso por evasão fiscal, em 1930. Um ano mais tarde, a investigação conseguiu condenar Al Capone a onze anos de prisão.

Alcatraz e morte

Al Capone - quem foi o criminoso que dominou os EUA nos anos 20

Al Capone - quem foi o criminoso que dominou os EUA nos anos 20

Segredos do Mundo
All that is Interesting

Acreditando que poderia se livrar da prisão com a regularização de sua situação fiscal, Al Capone ordenou que seu advogado focasse nesse objetivo. No entanto, a justiça manteve a condenação, além de aplicar uma multa de US$ 50.000, mais uma adição de US$ 7.692 para despesas judiciais e outros US$ 215.000, acrescido de juros de impostos atrasados.

Depois da prisão inicial em Atlanta, Al foi enviado para Alcatraz, na Baía de São Francisco. Ali, no entanto, sua saúde começou a decair rapidamente, com o desenvolvimento de sífilis influenciando sua estabilidade mental.

Após quatro anos detido, ele acabou sendo solto e enviado para a Instituição Federal de Correção em Terminal Island. No fim de 1939, então, ganhou o direito de liberdade condicional.

Ao fim da vida, os médicos declaravam que sua capacidade mental estava tão deteriorada, que era similar a de uma criança de 12 anos.

Em 21 de janeiro de 1947, sofreu um acidente vascular cerebral, mas sobreviveu. Entretanto, quatro dias depois sofreu uma parada cardíaca e acabou morrendo, em casa, cercado pela família.

Curiosidades sobre Al Capone

Al Capone - quem foi o criminoso que dominou os EUA nos anos 20

Al Capone - quem foi o criminoso que dominou os EUA nos anos 20

Segredos do Mundo
All that is Interesting A organização comandada por Al Capone recebeu, da imprensa, o nome de Sindicato do Crime Organizado, mais tarde chamado de Murder Inc. Em média, a máfia de Al faturava cerca de US$ 60 milhões por ano, em Chicago. Em 1928, o gângster comprou uma mansão na Flórida, com custo de US$ 40 mil. O carro utilizado pelo mafioso era completamente customizado, com armadura de aço e tanque à prova de balas. Além disso, tinha uma sirene de polícia e uma janela traseira removível, para permitir trocas de tiros. Além do apelido Scarface, Al Capone também era conhecido por Snorky, Al Brown, King Alphonse, Big Fella e para o FBI: Inimigo Público Número 1. Segundo o The New York Times, Al foi um dos americanos com maior publicidade em menor espaço de tempo, na época. Em 1929, o gângster chegou a ser preso por porte de facas, mas foi libertado por bom comportamento depois nove meses. Por fim, o estilo de Al Capone, com ternos listrados, chapéus fedora e cigarro na boca, foi responsável por criar um estereótipo de criminosos da época.

Fontes: Aventuras na História, História do Mundo, eBiografia, InfoEscola, Opera Mundi, Estilo Gângster, Guia dos Curiosos

Imagens: All that is Interesting, Museu de Imagens, History

Essa matéria Al Capone – História do criminoso que dominou os EUA nos anos 1920 foi criada pelo site Segredos do Mundo.

Últimas