Baratas – Características, espécies mais comuns, perigo e como evitá-las

Você tem pavor de baratas? Então venha conferir as principais características delas e, principalmente, como exterminá-las da sua casa.

Quem nunca sentiu um certo “nojinho” quando as baratas se aproximam, não é mesmo? E, apesar dessa fama de inseto traiçoeiro, elas podem ser também muito importantes para o ecossistema, especialmente no que diz respeito à reciclagem.

Mas, claro, elas realmente têm um lado “nojentão”. Algumas espécies de baratas, por exemplo, são hospedeiras de bactérias, fungos, vermes, vírus e protozoários. Consequentemente, podem transmitir inúmeras doenças para os seres humanos, como infecções perigosas e alergias.

Sobretudo, vale destacar que existem milhares de espécies de baratas. Porém, apenas 30 dessas espécies são consideradas pragas urbanas, causadoras de doenças.

E, certamente, elas podem ser consideradas insetos bastante tenazes e também muito resistentes. Elas, inclusive, estão neste planeta há, aproximadamente, 380 milhões de anos. Contudo, a vida de cada barata não dura mais que um ano.

Características gerais
Todas as características das baratas + curiosidades

Todas as características das baratas + curiosidades

Segredos do Mundo
Fonte: Super interessante

Primeiramente, as baratas fazem parte do reino animalia, da classe insecta, do filo Arthropoda e da ordem Blattaria.

As características físicas desses animais, aliás, se resumem a um corpo oval, achatado e de cor escura, normalmente, marrom. Além do mais, geralmente, elas contém seis pernas, um par de asas e duas antenas.

Sobretudo, esses insetos são mais presentes no meio urbano, ou melhor, em ambientes insalubres, quentes e úmidos. Como por exemplo, redes de esgoto, terrenos abandonados, locais com lixo e sujeira. Porém, as baratas que vivem em florestas normalmente vivem embaixo de pedras e dentro de cascas de árvores.

Já, as baratas urbanas, entram em nossas casas para conseguir alimento. Inclusive, elas se alimentam de qualquer lixo orgânico que encontram. Como por exemplo, restos de comida, plantas murchas, animais em decomposição e outros.

Outra característica que é importante de se destacar sobre estes insetos são os estágios de suas vidas. Basicamente, eles têm um ciclo básico que envolve três estágios: ovos, ninfas e vida adulta. Inclusive, elas se reproduzem de forma sexuada, sendo que a fêmea consegue produzir até 45 ovos ao mesmo tempo.

Mundo animal – 23 curiosidades incríveis sobre os animais e seus hábitos × Espécies de baratas mais comuns no Brasil

Diante milhões de espécies, vale destacar que as principais delas são: Supella longipalpa (barata de faixa marrom), Blatta orientalis (barata oriental), Blatella germânica (barata alemã), Periplaneta americana (barata americana).

Inclusive, todas estas são consideradas pragas urbanas. Iremos, aliás, abordar três dessas espécies.

1- Barata de esgoto ou americana
Todas as características das baratas + curiosidades

Todas as características das baratas + curiosidades

Segredos do Mundo
Fonte: Dedetizadora Barueri

A priori, essa barata, como o seu próprio nome diz, é encontrada em galerias de esgoto, lixos, caixas de gorduras e outros locais insalubres.

Sobretudo, são animais relativamente grandes, com mais ou menos 5 centímetros de comprimento. Elas são mais comuns na cor marrom, com uma cabeça amarela. Inclusive, por causa de suas asas, são conhecidas também como baratas voadoras.

Basicamente, por viverem em locais sujos, são conhecidas por causarem doenças gastrointestinais, podendo também contaminar alimentos.

Por isso, para se prevenir contra essas baratas, você deve manter seu ambiente sempre limpo. Além disso, vedar o lixo, proteger os ralos e as tubulações, e colocar telas nas janelas são boas medidas de prevenção.

2- Barata francesinha ou alemã
Todas as características das baratas + curiosidades

Todas as características das baratas + curiosidades

Segredos do Mundo
Fonte: Desinset

Basicamente, essas baratas são mais encontradas em locais de processamento de alimentos, como por exemplo, restaurantes. Ou então em banheiros, que também são locais quentes e úmidos. Elas, aliás, são castanhas claras, com duas faixas escuras.

Basicamente, a barata alemã é considerada muito adaptável. Por isso, seu controle se torna um pouco mais difícil que das demais. Como por exemplo, os inseticidas podem não ser páreos para elas. Além disso, possuem hábitos mais noturnos.

Sobretudo, assim com as americanas, essas baratas são vetores de bactérias, fungos, parasitas, vírus e outros causadores de doenças. Por isso, elas podem causar doenças como diarreia, vômito e dor abdominal.

Para se prevenir contra esses insetos, nós indicamos que você mantenha os alimentos bem guardados, embale bem o lixo, evite deixar acessos com áreas externas abertas e limpe bem os equipamentos de fazer comidas. Até porque elas são atraídas pelo alimento, principalmente por proteínas, açúcares, amido e gordura.

3- Barata nua
Todas as características das baratas + curiosidades

Todas as características das baratas + curiosidades

Segredos do Mundo
Fonte: Sem pragas

Primeiramente, esse é o mais comum dos tipos de baratas. Elas costumam, aliás, ser encontradas em locais mais escuros e úmidos, como lixeiras e ruas. Ou então, em locais em que se é possível encontrar resíduos orgânicos em decomposição.

Sobretudo, diferentemente das demais, essa barate tem uma grande capacidade de adaptação e de locomoção inferior. Porém, ela tem como semelhança com as outras o fato de também ser um vetor mecânico de doenças gastrointestinais aos seres humanos.

Por isso, para evitar a presença dessas baratas, é importante evitar que elas tenham acesso e meios de alimentação. Além disso, proteger ralos e tubulações, e também encobrir os acessos como as frestas e os buracos são boas medidas.

E para finalizar, a principal característica física dessa barata é sua cor marrom escuro e seu tamanho pequeno.

O perigo das baratas
Todas as características das baratas + curiosidades

Todas as características das baratas + curiosidades

Segredos do Mundo
Fonte: Maskate.news

A princípio, como já deixamos claro, as baratas podem ser realmente perigosas e nocivas para a saúde do ser humano. Até porque como elas, normalmente, só andam por esgotos e comem qualquer coisa que encontram, como lixos e cadáveres de animais e insetos. Portanto, baratas são verdadeiros ímãs de bactérias e parasitas.

Consequentemente, se transformam em vetores de doenças. Febre tifoide, pneumonia, conjuntivite, hepatite A e até lepra são exemplos de males que elas podem nos transmitir. Além disso, elas são responsáveis por causar problemas respiratórios e alérgicos como, por exemplo, crises de asma e irritações na pele.

Sobretudo, além de serem verdadeiros seres repugnantes, elas podem também contaminar nossos alimentos e utensílios. Além de causar danos em outras áreas em que caminham, danificando papeis, tecidos e até mesmo couro.

Todas as características das baratas + curiosidades

Todas as características das baratas + curiosidades

Segredos do Mundo
Fonte: Tri curioso

Inclusive, caso ocorra uma infestação de baratas, provavelmente elas poderão ficar sem alimento. Ou seja, elas tentarão comer carne, inclusive, carne humana. Mas, calma, no máximo elas conseguirão roer as pontas dos dedos e das unhas, e também as pontas dos nossos cílios.

Porém, essas mordidas estarão com inúmeras bactérias. Inclusive, em alguns casos, esses ferimentos podem causar até mesmo inchaço, irritação e infecções. Contudo, felizmente, elas ainda sim preferem comer restos de comidas e de lixos.

Dicas para evitar infestação de barata
Todas as características das baratas + curiosidades

Todas as características das baratas + curiosidades

Segredos do Mundo
Fonte: Bugando sua mente

A princípio, as baratas são muito adaptáveis e automaticamente muito resistentes. Por isso, além de seguir certos cuidados, é importante também que você as mantenha sob controle. Ou seja, procure sempre dedetizar sua casa e seguir essas dicas para acabar com elas de vez:

Elimine as fontes de alimento. Ou seja, mantenha sua casa limpa, sem lixos e sem migalhas de comidas. Elimine as fontes de água. Ou seja, não deixe torneiras pingando e procure sempre deixar as coisas secas. Verifique as plantas. Sobretudo, vasos de plantas e flores podem ser fontes atraentes para elas. Dificulte sua entrada. Ou seja, tampe qualquer buraco, porta ou janela da sua casa que elas consigam entrar. Limpeza profunda. Basicamente, essa é a principal, pois baratas são acostumadas com lugares sujos. Portanto, para mantê-las afastadas é melhor manter sua casa sempre limpa. Inclusive, aquele “quartinho da bagunça”. Curiosidades sobre as baratas
Todas as características das baratas + curiosidades

Todas as características das baratas + curiosidades

Segredos do Mundo
Fonte: Info escola  São resistentes. Inclusive, elas conseguem sobreviver até uma semana sem cabeça e aguentam temperaturas baixíssimas. Vivem até 3 meses sem água e comida. Prendem a respiração por até 40 minutos e sobrevivem meia hora debaixo d’água. São cervejeiras. Inclusive, gostam de cervejas, justamente por conta do teor de açúcar (malte) e do lúpulo. Provocam crises asmáticas e outras alergias por causa de uma proteína alergênica. Passam por pequenas frestas por causa de seu exoesqueleto flexível. São muito rápidas. Aliás, elas conseguem correr 5km por hora. Por isso são tão difíceis de pegar. Não são todas as baratas que conseguem voar. Muitas espécies possuem hábitos solitários, ou seja, não se organizam em sociedades. Existem aproximadamente 4 mil espécies de baratas no mundo. De acordo com a espécie, o tamanho pode variar de 5 milímetros a 10 centímetros. Inclusive, as fêmeas possuem um corpo maior do que os machos.

Enfim, o que achou da nossa matéria? Agora sabe tudo do universo das baratas?

Vem conferir mais uma matéria do Segredos do Mundo: Marimbondo- qual a função desse inseto na natureza

Fontes: Uniprag, Toda biologia

Imagem de destaque: Catraca livre

Essa matéria Baratas – Características, espécies mais comuns, perigo e como evitá-las foi criada pelo site Segredos do Mundo.