Segredos do Mundo Dente siso, o que é? Principais problemas e quando extrair

Dente siso, o que é? Principais problemas e quando extrair

Ao longo dos anos, o dente siso perdeu sua função e passou a oferecer riscos para algumas pessoas, já que pode causar inflamações na boca.

O dente siso, também chamado de dente do siso ou dente do juízo, é o nome dado popularmente ao terceiro molar. Um dos motivos pelos quais ele é tão conhecido e lembrado, é o fato de precisar ser removido em vários casos.

Isso porque a evolução da alimentação humana deixou o dente siso obsoleto. Além disso, problemas com a higiene foram reduzidos e cada vez menos as pessoas perdem dentes por falta de cuidados.

Ou seja, o siso, que era utilizado para substituir as perdas dentárias na hora da mastigação, não é mais tão útil. No entanto, ele ainda está presente em nosso corpo e, então, muitas vezes seu surgimento é problemático.

Problemas com o dente siso

Dente siso - o que é, principais problemas e quando extrair

Dente siso - o que é, principais problemas e quando extrair

Segredos do Mundo
Socientifica

Caso o dente apareça e não haja espaço suficiente na boca, ele se torna um incômodo. Ao nascer, ele acaba empurrando os dentes vizinhos e atrapalhando o alinhamento da dentição. Além disso, o processo pode provocar dor de dente.

Em casos em que o paciente utiliza algum tipo de aparelho ortodôntico, esse desalinhamento pode prejudicar todo o tratamento.

O dente siso também pode sofrer com dificuldades de limpeza. Uma vez que está numa região de difícil aceso na era da escovação, acaba acumulando mais sujeira e restos de comida.

Se o surgimento do dente oferecer alguns desses riscos, a indicação profissional é de remoção.

Dor de dente – Causas, o que fazer e remédios caseiros

×

Mitos sobre a extração

Dente siso - o que é, principais problemas e quando extrair

Dente siso - o que é, principais problemas e quando extrair

Segredos do Mundo
Dentalis Software

Diferente do que muitas pessoas acreditam, o siso não precisa ser removido sempre que aparece. Os dentistas só recomendam a extração do siso quando ele oferece riscos graves.

Ainda que não seja importante, se o dente não estiver interferindo no alinhamento da dentição ou causando alguma inflamação, pode ser mantido.

Além disso, o dente também não é responsável por causar problemas de respiração ou dicção. No entanto, se ele causar inflamações na gengiva, pode gerar dificuldade de movimentar a pouca, provocando esse tipo de problema.

Em relação ao tempo de remoção, muita gente acha que o dente só pode ser removido na juventude. Isso não é verdade, apesar de ser recomendado. Em pacientes mais jovens, a raiz do siso ainda não está completamente formada, então o processo de extração é mais simples.

Extração

Dente siso - o que é, principais problemas e quando extrair

Dente siso - o que é, principais problemas e quando extrair

Segredos do Mundo
Sorria Bem

Os sisos que devem ser removidos geralmente estão presos sob o tecido gengival, o que causa inchaço e dor na região. Isso acontece, por causa da falta de espaço na boca.

Para extrair, então, o dentista aplica uma anestesia geral ou local, dependendo do caso. Em seguida um ou mais sisos serão removidos. A complexidade da remoção vai depender de como o dente está posicionado na boca. Logo após a cirurgia, o paciente precisa ficar com um pedaço de gaze na boca, por cerca de  30 a 45 minutos, a fim de conter o sangramento.

Depois de alguns dias, a extração ainda pode provocar dor e até mesmo causar febre. No entanto, o processo é natural e faz parte da recuperação.

Recuperação

Dente siso - o que é, principais problemas e quando extrair

Dente siso - o que é, principais problemas e quando extrair

Segredos do Mundo
Sorrisologia

Durante a recuperação, é importante utilizar uma escova macia para higienizar a regia, com pouca pasta. Além disso, o uso de um cotonete com enxaguante bucal, sem álcool, ajuda a limpar a área.

A alimentação também precisa de cuidados especiais. Alimentos quentes, por exemplo, pode remover o coágulo da região e provocar infecções. Os alimentos duros também devem ser evitados. O paciente deve consumir refeições líquidas ou pastosas e, de preferência frios, como vitaminas e sorvetes.

Fumantes também devem abrir mão do hábito por alguns dias. Como a extração do dente causa um ferimento na boca, as toxinas do cigarro podem causar infecções. O calor da fumaça também é perigoso, pois oferece risco de hemorragias. Da mesma forma, o álcool deve ser removido da dieta, por poder interagir com medicamentos de pós-operatório.

Fontes: Odonto Empresas, Sorrisologia, Colgate

ImagensSocientificaDentalis SoftwareSorrisologiaSorria Bem

Essa matéria Dente siso, o que é? Principais problemas e quando extrair foi criada pelo site Segredos do Mundo.

Últimas