Segredos do Mundo Dionísio – Origem e mitologia do deus grego das festas e do vinho

Dionísio – Origem e mitologia do deus grego das festas e do vinho

Adorado como dono do conhecimento do cultivo e da produção do vinho, Dionísio era chamado de Baco pelos romanos e deu origem ao bacanal.

De acordo com as histórias da mitologia grega, Dionísio era o deus do vinho e das festas. Também chamado de Dioniso, ele ainda era o deus da libido e inspirava a fertilidade dos povos.

Apesar de famoso por saber preparar vinhos, ele também tinha outras habilidades. O deus, por exemplo, conseguia criar várias outras drogas poderosas conhecidas pelos gregos. Por conta disso e da associação com as festas, inclusive, também era considerado deus da alegria e do teatro.

Geralmente, Dionísio é representado segurando um cálice de vinho e um cacho de uva. É visto como um homem de barba de expressão embriagada, muitas vezes com uma felicidade induzida pelo consumo de álcool. Além disso, pode aparecer nu ou vestindo um manto de leão ou leopardo.

Mito de Dionísio

Dionísio - origem e mitologia do deus grego das festas e do vinho

Dionísio - origem e mitologia do deus grego das festas e do vinho

Segredos do Mundo
Exploring your mind

Dionísio era filho de Zeus com a mortal Sêmele. O deus dos deuses se apaixonou e assumiu a forma de humano para seduzi-la. Quando ela ficou grávida, entretanto, a esposa de Zeus, Hera, armou um plano para destruí-la.

A deusa também decidiu adotar a forma de humana e se disfarçou de enfermeira. Aproximando-se de Sêmele, fez a mulher confessar quem era o pai da criança e plantou dúvidas sobre a verdadeira identidade de Zeus.

Sendo assim, Sêmele pediu que Zeus aparecesse diante dela com sua verdadeira forma, como um deus. Assim que ele assumiu a forma de relâmpago, a mulher morreu carbonizada, ainda grávida. Apesar disso, Zeus conseguiu salvar o menino e o colocou dentro de sua perna, para terminar a gestação.

Uma segunda versão do mito diz que Dionísio seria filho de Zeus com Perséfone, rainha do submundo. Aqui, Hera teria usado os Titãs para matar a criança. Revoltado, Zeus atacou os Titãs e conseguiu recuperar o coração do filho, conseguindo revivê-lo a partir do órgão.

Juno, quem é? História da deusa do matrimônio na mitologia romana

×

Vida

Dionísio - origem e mitologia do deus grego das festas e do vinho

Dionísio - origem e mitologia do deus grego das festas e do vinho

Segredos do Mundo
Forty Hall Vineyard

Segundo os mitos, após o nascimento, Dionísio foi criado por Ino. Hera, no entanto, ainda estava motivada pelos ciúmes e queria destruir o garoto a todo custo. Sendo assim, Zeus decidiu transformá-lo num cabrito e pediu que Hermes cuidasse dele.

Hermes acabou enfiando Dionísio para as ninfas, que o criaram ao lado de Sileno. Este, era um velho gentil que vivia bêbado e tinha habilidades proféticas. Além disso, Sileno foi responsável por ensinar a Dionísio a arte de produção do vinho, desde o semeio da vinha. Foi assim, então, que o deus assumiu a função de ensinar a todos os mortais os segredos do cultivo e da produção da bebida.

Na mitologia romana, o deus era chamado de Baco. Na época, as festas em homenagem a ele eram regadas a consumo de álcool e orgiais, com o nome bacanal.

Fontes: Toda Matéria, Info Escola, A Mente É Maravilhosa

ImagensForty Hall VineyardGreek BostonExploring your mind

Essa matéria Dionísio – Origem e mitologia do deus grego das festas e do vinho foi criada pelo site Segredos do Mundo.

Últimas