Segredos do Mundo Diverticulite, o que é? Causas, sintomas, tratamentos e como evitá-la

Diverticulite, o que é? Causas, sintomas, tratamentos e como evitá-la

Sabe o que é diverticulite? Descubra aqui o que é essa doença, seus sintomas, os seus possíveis tratamentos e como evitá-la.

Sente dores abdominais, inchaço e gases? Pode ser que você tenha diverticulite, uma doença já considerada comum entre a população brasileira.

Primeiramente por conta dos 150 mil casos em média por ano no país. Aliás, ela é uma inflamação e tem tratamento. Portanto, ela não virá a ser um câncer.

Vamos então descobrir um pouco sobre a doença, seus sintomas, seus tratamentos e todos os detalhes necessários.

Diverticulite - O que é, quais os sintomas e tratamentos?

Diverticulite - O que é, quais os sintomas e tratamentos?

Segredos do Mundo
Intestino grosso e delgado. –Andreia Torres  O que é diverticulite?

Como dito anteriormente, a diverticulite é uma inflamação, e ela ocorre na parede interna do intestino. A princípio, ela é caracterizada por bolsas e quistos pequenos e salientes que são formados, os chamados divertículos que, quando inflamam, causam a doença no paciente.

Principalmente, ela ataca o intestino grosso (cólon). Portanto, a doença surge quando há um defeito na camada média musculosa que se encontra no intestino grosso. E então, com o surgimento de um pequeno orifício no divertículo, acaba-se permitindo a liberação de bactérias do intestino.

Além disso, a doença costuma atingir com maior frequência o cólon sigmoide, o último segmento do intestino grosso, que fica logo antes do reto.

Antes de tudo, a diverticulite costuma afetar pessoas acima dos 40 anos. Porém, pode ser mais drástica para pessoas idosas, podendo ser necessária, inclusive, cirurgia.

Lêndeas e piolhos – Como eliminá-los e seus mitos e verdades × Causas frequentes

As possíveis causas da diverticulite são:

Envelhecimento, o que causa a perda da elasticidade da musculatura intestinal; Predisposição genética; Dieta pobre em fibras; Aumento da pressão no interior do intestino. Sintomas
Diverticulite - O que é, quais os sintomas e tratamentos?

Diverticulite - O que é, quais os sintomas e tratamentos?

Segredos do Mundo
Dores de diverticulite – Portal Cantu

Primeiramente, os sintomas da diverticulite são:

Dor abaixo do umbigo, que se desloca para o quadrante inferior esquerdo do abdômen; Sangramento; Dificuldade para urinar; Prisão de ventre; Enjoo, vômito; Febre que varia; As fístulas; Como saber se tenho diverticulite?
Diverticulite - O que é, quais os sintomas e tratamentos?

Diverticulite - O que é, quais os sintomas e tratamentos?

Segredos do Mundo
Definição das partes da Diverticulite – Grupo Surgical.

Primeiramente, é necessário analisar o histórico do paciente. Desde antecedentes clínicos, até questões genéticas. Depois disso, para averiguar a diverticulite, é importante o exame clínico e a tomografia computadorizada.

Além disso, ultrassons e raios-x podem ajudar no diagnóstico. Apesar da colonoscopia também ajudar a identificar a doença, ela não é o exame mais recomendado.

Tem tratamento?

Antes de mais nada, a diverticulite possui cura. Dependendo do caso, a cura é atingida em até 72 horas após o início do tratamento.

Ao passo que a diverticulite leve pode ser tratada em casa, com bastante repouso. Inicialmente, com uma dieta líquida, mas depois com uma mudança de hábitos alimentares, adicionando fibras à dieta, como em frutas e legumes. Ás vezes, também é necessário o uso de antibióticos orais. Após alguns meses, repetir os exames para averiguar a situação.

Em contrapartida, a diverticulite grave exige soluções diferentes. Em casos de temperatura acima de 38,3ºC, sintomas graves de dor abdominal, o paciente deve ser hospitalizado.

Complicações na diverticulite grave
Diverticulite - O que é, quais os sintomas e tratamentos?

Diverticulite - O que é, quais os sintomas e tratamentos?

Segredos do Mundo
Divertículos no intestino grosso. – Tua Saúde.

No caso de complicações, pode vir a ser utilizado dois métodos de tratamento:

Drenagem de abcessos:

Primeiramente, o método é feito por meio de agulhas guiadas pela pele através da tomografia computadorizada. Assim, os abcessos maiores são drenados, e a pessoa continua hospitalizada para reduzir os sintomas.

Cirurgia de Diverticulite:

Em resumo, a cirurgia é feita nos pacientes que não respondem a nenhum tipo de tratamento. Seja o tratamento com antibiótico ou a drenagem.

Nesse caso, o cirurgião irá remover a parte do intestino que foi atingida pelas fístulas. Portanto, logo as extremidades são religadas, no caso dos pacientes saudáveis, sem mais nenhum tipo de abcesso. Caso haja algum problema, é necessária uma colostomia temporária.

Desse modo, a colostomia é uma cirurgia de abertura entre o intestino grosso e a superfície da pele. Depois de passadas cerca de 11 semanas, quando a inflamação tiver desaparecido, e o quadro clínico do paciente já tiver melhorado, as extremidades são religadas. Assim, a colostomia é fechada.

Como evitar a diverticulite?

A princípio, as formas mais fáceis de evitar a diverticulite são:

Ingerir mais fibra (frutas, cereais, vegetais, legumes, entre outros); Beber no mínimo 2 litros de água por dia, pois ela ajuda a formação do bolo fecal; Não tomar laxantes sem receita médica; Atividades físicas ajudam na aceleração do metabolismo, logo, também facilitam o trânsito intestinal.

E aí, gostou da matéria? É provável que você goste dessa também: Pano branco – O que é a micose que causa manchas brancas na pele?

Fontes: Drauzio Varella; H9J; Manual MSD.

Imagem de destaque: Tua Saúde

Essa matéria Diverticulite, o que é? Causas, sintomas, tratamentos e como evitá-la foi criada pelo site Segredos do Mundo.

Últimas