Segredos do Mundo Memória – Definição, tipos e principais características

Memória – Definição, tipos e principais características

A memória é criada pelo cérebro e se refere ao processo contínuo de armazenamento de informações a curto e longo prazo; veja como ela funciona. Essa matéria Memória – Definição, tipos e principais características foi criada pelo site Segredos do Mundo.

Você já se perguntou o que é a memória, como ela se forma e como funciona? Para esclarecer, a memória é formada pelo cérebro e se refere ao processo contínuo de coleta e armazenamento de informações ao longo do tempo. Segundo a ciência cognitiva, a memória opera de acordo com um “processo duplo”, onde processos de pensamento inconscientes e mais rotineiros interagem com processos de pensamento mais conscientes e baseados em problemas.

Por exemplo, quando aprendemos a andar de bicicleta realizamos um processo ativo no qual analisamos e temos plena consciência de cada movimento executado. Isso significa que ao fazer algo pela primeira vez, fazemos cuidadosamente para entender cada etapa daquela ação.

No entanto, com o tempo e conforme temos mais habilidade e prática, deixamos de realizar o processo exigente do ponto de vista cognitivo, tornando a ação mais intuitiva. À medida que continuamos a dominar a habilidade, até podemos inclusive executar outras tarefas, simultaneamente.

Em suma, existem dois processos que formam a memória. O primeiro é caracterizado pelo pensamento automático e inconsciente, e o segundo é caracterizado pelo esforço, pensamento analítico e intencional.

Tipos de Memória

Nosso sistema de memória, de acordo com a psicologia cognitiva, é dividido em dois tipos, são eles:

Memória de curto prazo: armazena sons, imagens e palavras, bem como permite cálculos curtos e filtra informações que vão para a memória de longo prazo ou são descartadas. Memória de longo prazo: nos permite armazenar informações com base no significado e na importância por longos períodos de tempo, afeta nossa percepção e constitui uma estrutura onde novas informações são anexadas.

Principais características da memória de curto prazo

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo
Fonte: Pixabay

A memória de curto prazo possui três características principais :

Breve duração Capacidade é limitada Vulnerável a interferências e interrupções. Pode sofrer enfraquecimento (devido a vários motivos, como medicamentos, privação de sono, AVC ou ferimento na cabeça, por exemplo)

Operações

Icônico: capacidade de armazenar imagens. Acústico: capacidade de armazenar sons. Memória de trabalho: capacidade de armazenar informações até que sejam colocadas em uso. Para alguns cientistas, esse tipo de memória não é usada apenas para armazenar informações, mas também para manipulá-las.

Principais características da memória de longo prazo

Memória: definição, tipos e principais características

Memória: definição, tipos e principais características

Segredos do Mundo
Fonte: Pixabay

As informações na memória de longo prazo são armazenadas por uma rede de ligações neurais, que então se convertem em estruturas de conhecimento. É exatamente por isso que nos lembramos de conhecimentos relevantes quando nos deparamos com informações semelhantes. Portanto, essas estruturas podem ser acionadas por gatilhos como gráficos, filmes, jogos, perguntas que provocam curiosidade, etc.

Subdivisões

Explícito: memórias conscientes que incluem nossa percepção do mundo, bem como nossas próprias experiências pessoais.
Implícito: memórias inconscientes que usamos sem perceber.

Operações

Codificação: capacidade de converter informações em uma estrutura de conhecimento. Armazenamento: capacidade de acumular blocos de informações. Recuperação: a capacidade de lembrar coisas que já conhecemos.

Capacidade de armazenamento de informações

Memória: definição, tipos e principais características

Memória: definição, tipos e principais características

Segredos do Mundo
Fonte: Pixabay

A memória é criada pelo cérebro humano e seus bilhões de neurônios. Desse modo, cada neurônio forma cerca de 1.000 conexões com outros neurônios, totalizando mais de um trilhão de conexões. Se cada neurônio pudesse apenas ajudar a armazenar uma única memória, ficar sem espaço seria um problema. Contudo, os neurônios se combinam de modo que cada um acumula muitas memórias de uma vez, aumentando exponencialmente a capacidade de armazenamento do cérebro para algo próximo a um milhão de gigabytes.

Para efeito de comparação, se o cérebro funcionasse como um HD de computador, o espaço seria suficiente para armazenar três milhões de horas de vídeos e filmes. Por outro lado, se fosse uma TV com gravador, ela precisaria funcionar continuamente por mais de 300 anos para usar todo esse armazenamento.

Que tal saber quais alimentos ajudam a melhorar o cérebro e a memória? Clique e leia: Alimentos para o cérebro – Principais nutrientes para a saúde do órgão

Fontes: Método Supera, Gizmodo, Mundo Educação

Fotos: Pixabay

Essa matéria Memória – Definição, tipos e principais características foi criada pelo site Segredos do Mundo.

Últimas