Segredos do Mundo Sintoma de infarto, quais são? Como detectar e possíveis tratamentos

Sintoma de infarto, quais são? Como detectar e possíveis tratamentos

É muito importante cuidar da saúde do coração, pois caso contrário pode causar problemas em seu funcionamento e na saúde, por exemplo, sintoma de infarto. Essa matéria Sintoma de infarto, quais são? Como detectar e possíveis tratamentos foi criada pelo site Segredos do Mundo.

Com a vida corrida e agitada que levamos atualmente fica muito difícil manter hábitos saudáveis e praticar atividades físicas. Da mesma forma, o estresse diário e a ansiedade só ajudam a prejudicar ainda mais a saúde. Por exemplo, o coração que com essa agitação pode vir a ter problemas no seu funcionamento, podendo provocar várias doenças como um sintoma de infarto.

Qualquer sintoma de infarto é provocado pela má irrigação de sangue pelo tecido. Ademais, o coração é a bomba que transporta o sangue por todo o corpo humano. Entretanto, caso esse transporte falhe, pode ocasionar o infarto ou outras doenças cardiovasculares.

Normalmente o infarto ocorre em homens acima de 40 anos e mulheres acima de 50 anos. Pois apresentam maiores riscos quanto ao colesterol alto, falta de atividades físicas e estresse. No entanto, essa doença cardiovascular pode afetar qualquer pessoa, com qualquer idade.

Dentre os sintomas estão o aperto ou pontadas no peito, enjoos, tontura, palidez, dificuldade para respirar, entre outros. Além disso, em casos graves, o infarto pode provocar a morte. Portanto, ao persistirem os sintomas é essencial procurar um médico para receber um diagnóstico adequado. Em seguida, recorrer aos tratamentos indicados pelo médico, como uso de medicamentos especializados, exames ou cirurgias.

Sintoma de infarto: o coração

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo
Imagem: ICTQ

O coração consiste na bomba que possibilita o transporte do sangue rico em oxigênio e nutrientes para todo o corpo. Ademais, ele é formado por quatro cavidades, que são dois átrios e dois ventrículos. Dessa forma, a circulação ocorre devido à contração e dilatação do músculo cardíaco, miocárdio e válvulas que contribuem para não ter refluxo.

Logo, o sangue oxigenado sai do coração pela artéria aorta e se direciona para todos os órgãos. Por fim, retorna pelas veias, só que pobre de oxigênio e rico em gás carbônico. O músculo cardíaco também necessita de sangue rico em oxigênio. Então, as artérias coronárias esquerda e direita saem da aorta e se ramificam em vasos cada vez menores para irrigar o músculo cardíaco.

Sintomas de infarto: como ocorre

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo
Imagem: Medical Fair

Geralmente, as placas de ateroma podem sofrer fissuras ou lesões. Desse modo, o organismo, para se defender, acumula plaquetas, gerando um coágulo, também chamado de trombo. Assim, pode acabar impedindo que o sangue passe por essa parte da artéria em que tem o entupimento. Logo, a irrigação é interrompida, e o tecido alimentado pelo vaso morre, e uma parte do músculo cardíaco também, provocando o infarto.

Ademais, os infartos podem ocorrer em qualquer região do corpo. No entanto, quando afetam o músculo cardíaco é chamado de infarto do miocárdio, ou infarto agudo do miocárdio, quando acontece de modo súbito. Ou seja, um sintoma de infarto.

Sintomas de infarto: causas

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo
Imagem: ABCMed

Normalmente, o infarto surge em homens acima dos 40 anos, e mulheres acima dos 50 anos. Pois, os riscos de excesso de colesterol, pressão alta, diabetes e obesidade provocam danos aos vasos sanguíneos ao longo dos anos. Assim, nessa faixa etária mais avançada surgem as consequências que podem levar ao infarto ou AVC.

Porém, algumas pessoas abaixo dos 40 anos podem desenvolver um infarto devido a alterações genéticas, que causam alterações metabólicas na circulação sanguínea. Ademais, esse risco se aumenta caso um jovem leve a vida pouco saudável, com obesidade, tabagismo e falta de atividades físicas. Consequentemente, provocam algum sintoma de infarto ao longo do tempo.

Fatores de risco

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo
Imagens: DEDIQ

Existem diversos fatores de risco quanto ao infarto. Logo, além da idade outros fatores estão relacionados, tais como:

Colesterol alto Diabetes mellitus Obesidade Sedentarismo Hipertensão arterial Estresse Depressão Drogas ilícitas Abuso de álcool Tabagismo Abuso de anticoncepcionais

Tipos de infarto

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo
Imagem: Planos de Saúde

O infarto do miocárdio pode estar dividido em cinco tipos, em relação a suas causas. Como:

Tipo 1 – É o mais comum, trata-se em uma ruptura na placa de ateroma e formação de trombo. Tipo 2 – Consiste na falha de irrigação do miocárdio em função de alguma condição grave. Como, por exemplo, pressão alta ou baixa, anemia profunda ou cirurgias em partes do corpo. Tipo 3 – Nesse, a necrose atinge uma área extensa rapidamente, gerando uma arritmia grave. Desse modo, provoca o infarto fulminante, que cursa para a morte súbita. Tipo 4 – Esse ocorre após uma angioplastia. Tipo 5 – Acontece depois de uma cirurgia de revascularização do miocárdio.

Sintoma de infarto

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo
Imagem: USP

Qualquer sintoma de infarto costuma aparecer ou se intensificar quando algum esforço físico é realizado. Além disso, durante estresse ou após comer também. Pois, são momentos em que o coração realiza maior força para poder circular sangue pelo corpo, e ai é possível sentir a falta da circulação. Dentre os sintomas de infarto, temos:

Pressão no peito – Geralmente, ocorrem dores do lado esquerdo ou no centro do peito, como apertos, ou pontadas. Dores ou desconforto – Ocorre em braços, costas, estômago, pescoço ou mandíbula. Dormência ou formigamento no braço esquerdo. Dificuldade para respirar – podendo vir acompanhada com dores no peito. Enjoos Tontura Indigestão Palidez e suor frio Mal estar Dificuldade para dormir Tosse seca

Sintoma de infarto: Em mulheres

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo
Imagem: Alto Astral

O sintoma de infarto nas mulheres ocorre de forma mais branda em relação aos homens. Logo, podem sofrer com desconfortos no peito, sensação de mal estar, batimentos cardíacos irregulares ou sensação de peso em um dos braços. Entretanto, esses sintomas podem ser confundidos com má digestão ou indisposição, o que atrasa o diagnóstico.

Apesar das mulheres terem menos riscos de infarto do que os homens, quando elas entram na menopausa esse risco aumenta. Pois, os níveis de estrogênio diminuem, dificultando a dilatação dos vasos e do fluxo sanguíneo. Por isso, é essencial realizar exames médicos para averiguar se não há nenhum problema.

Sintoma de infarto: Em idosos

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo
Imagem: Freepik

O sintoma de infarto em idosos apresenta muitas chances de ocorrer de forma silenciosa. Pois, com o passar dos anos a circulação desenvolve vasos sanguíneos que fazem a circulação colateral, que ajudam as coronárias a levar sangue ao coração.

Desse modo, os sintomas são mais brandos e persistem por dias. Por exemplo, falta de ar, alteração dos batimentos cardíacos, suor em excesso, palidez, e desconforto no peito. Ademais, o idoso apresenta maiores riscos de desenvolver as doenças cardiovasculares, como AVC e infarto. No entanto, o risco é menor caso o idoso tenha hábitos de vida saudável, com alimentação balanceada e prática de atividades físicas regulares.

Sintoma de infarto: Em jovens

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo
Imagem: Previva

O sintoma de infarto em jovens prevalece dores ou aperto no peito, enjoos, suor frio, formigamento no braço, tontura e palidez. Porém, os jovens possuem maior chance de ter um infarto fulminante, que muitas vezes provoca a morte antes que possam ser atendidos por um médico. Pois, ao contrário dos idosos, os jovens ainda não desenvolveram a circulação colateral, que irriga o coração juntamente com as artérias coronárias. Consequentemente, o processo é mais rápido, os sintomas mais fortes e rápidos.

Tratamento

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo

Segredos do Mundo
Imagem; Tua Saúde

Assim que for feito o diagnóstico, e for confirmado, o paciente deve ir para o cateterismo, um exame minimamente invasivo que visualiza e acessa as coronárias obstruídas. E seguido de uma angioplastia, onde realiza a desobstrução mecânica da artéria.

Por outro lado, em hospitais menos equipados, realizam o uso de medicamentos que contribuem para dissolver o coágulo até o paciente ser transferido para um melhor centro médico. Ademais, dependendo do número, localização da obstrução e estado geral do paciente, o tratamento pode ser feito de algumas formas diferentes. Por exemplo, por angioplastia, com implante de um stent ou com uma cirurgia de revascularização.

Em suma, é importante ficar atendo a qualquer sintoma de infarto, pois, quanto antes for diagnosticado por um médico, mais eficazes serão os tratamentos.

Então, se você gostou dessa matéria, também vai gostar dessa: 4 sinais que o infarto dá até i mês antes de acontecer. 

Fontes: Pfizer, Tua Saúde, Viva Bem

Imagens: Smart Med Clinic, Medical Fair, ICTQ, ABCMed, DEDIQ, Planos de Saúde, USP, Alto Astral, Freepik, Previva

Essa matéria Sintoma de infarto, quais são? Como detectar e possíveis tratamentos foi criada pelo site Segredos do Mundo.

Últimas