Hora 7 Tronco com milhares de lagartas deixa árvore com aparência furry

Tronco com milhares de lagartas deixa árvore com aparência furry

Animais peludos fizeram vegetal ficar 'completamente acarpetado', escreveu página no Facebook, na qual a imagem foi publicada

  • Hora 7 | David Plassa, do R7

Resumindo a Notícia
  • Milhares de lagartas foram flagradas sobre o tronco e o galho de uma árvore.

  • Eram tantas que o vegetal poderia passar despercebido em um evento furry, por exemplo.

  • A imagem foi compartilhada por uma página no Facebook e chocou os internautas.

  • Embora não seja venenosa, essa lagarta pode causar coceiras e reações alérgicas.

Tronco repleto de lagartas

Tronco repleto de lagartas

Reprodução/Facebook/Australian Geographic

O registro de milhares de lagartas sobre o tronco e o galho de uma árvore praticamente transformou o vegetal em questão em um furry — o adepto de uma comunidade criativa e peluda, que costuma usar trajes de personagen felpuldos e fantásticos.

O flagrante foi compartilhada na página do Facebook Australian Geographic, que na descrição não teve um olhar tão lúdico para a coisa como o HORA 7.

"Essa é uma imagem dos nossos pesadelos", diz a legenda. "Embora você possa estar familiarizado com as longas filas de lagartas processionárias, provavelmente nunca viu um tronco de árvore completamente acarpetado com elas."

No caso, a familiaridade com o bicho fica na conta dos australianos. Aos brasileiros vale explicar que, de acordo com informações do site Australian Geographic, as tais lagartas processionárias dão origem a mariposas. Enquanto desfrutam desse estágio larval, elas podem andar em longas fileiras felpudas com até 200 integrantes.

A ideia de se deslocar "em procissão", praticamente grudadas umas as outras, é garantir maior sucesso na busca por alimentos. Na foto da "árvore furry", por exemplo, o grupo de lagartas se alimentava das folhas e da casca do tronco.

Vale o clique: Porcos são capazes de devorar um humano inteiro? A resposta é: quase

Embora não sejam venenosas para os humanos, os pelos desses animais quando tocados podem causar coceira extrema e até mesmo reações alérgicas mais severas.

Por isso, apesar de alarmista, a postagem no Facebook ao menos finaliza com uma sugestão de utilidade pública: "Essa é uma árvore que você não deve abraçar!"

Por falar em furry, representantes da comunidade peluda salvaram uma mulher agredida pelo companheiro. Confira abaixo!

Últimas