Adolescente é detido nos EUA após ameaçar explodir mesquitas

Estudante de 15 anos foi denunciado por um colega e detido pela polícia, que apreendeu uma substância que poderia ser usada para fazer bombas

Adolescente é preso nos EUA após ameaçar explodir mesquitas

Estudante foi detido na escola em Phoenix

Estudante foi detido na escola em Phoenix

Reprodução via Google Maps

Um estudante de 15 anos, que não teve seu nome revelado, foi detido na última terça-feira (23) em sua escola em Phoenix, no estado do Arizona (EUA), após ser denunciado por um colega. Ele disse que queria "explodir templos muçulmanos" e carregava substâncias que poderiam ser usadas para fabricar explosivos.

A testemunha chamou a polícia na segunda (22), mas admitiu que não vira o colega carregando nenhuma arma com a qual pudesse cometer um atentado. No dia seguinte, no entanto, ele avisou a direção da escola Pinnacle que o adolescente carregava uma sacola cheia de um pó branco e então ele foi detido.

Leia também: Ataque a mesquitas abala a segura e tolerante Nova Zelândia

A substância era nitrato de potássio, que normalmente é usado como fertilizante, mas também é um dos principais componentes da pólvora. A suspeita é que ele utilizaria o explosivo para cometer um atentado.

Segundo o sargento Tommy Thompson, porta-voz da polícia de Phoenix, o adolescente foi detido para averiguação e agora investigadores estão vasculhando suas redes sociais e outros registros para descobrir possíveis motivos para ele planejar o ataque.

"Ele vai passar por acusações bem sérias agora", explicou Thompson, segundo a CNN. O porta-voz afirmou que o estudante ainda não tinha um alvo definido, nem chegou a ameaçar sua escola ou colegas.