Internacional Afeganistão diz ter matado chefe da Al-Aqaeda procurado pelo FBI

Afeganistão diz ter matado chefe da Al-Aqaeda procurado pelo FBI

 Abu Muhsin Al-Masri foi morto durante uma operação especial em Ghazni

  • Internacional | Do R7

al-Masri foi morto em Ghazni

al-Masri foi morto em Ghazni

Reprodução/ Twitter

O Afeganistão afirmou neste sábado (24) ter matado o líder da Al-Qaeda Abu Muhsin al-Masri, nome que estava na lista do FBI de terroristas mais procurados do mundo. A informação foi divulgada pela NDS Afghanistan (Direção Nacional de Segurança do Afeganistão).  

Al-Masri foi morto durante uma operação especial em Ghazni, no Afeganistão.  O FBI ainda não comentou sobre o caso. 

A morte foi anunciada no mesmo dia em que pelo menos 13 pessoas morreram e outras 30 ficaram feridas em um atentado suicida, contra um centro educacional em um bairro da minoria xiita Hazara, no oeste de Cabul, no Afeganistão, uma ação que ocorre no auge das negociações de paz.

Últimas