Coronavírus

Internacional Agência reguladora dos EUA autoriza uso da vacina da Pfizer

Agência reguladora dos EUA autoriza uso da vacina da Pfizer

Decisão da FDA (Food and Drug Administration) é para uso emergencial. Profissionais de saúde devem ser os primeiros imunizados contra a covid

  • Internacional | Do R7, com Reuters

Estados Unidos aprovaram uso emergencial da vacina da Pfizer

Estados Unidos aprovaram uso emergencial da vacina da Pfizer

Owen Humphreys/POOl EFE/EPA - 08.12.2020

A agência reguladora dos Estados Unidos, FDA (Food and Drug Administration), emitiu uma autorização de uso de emergencial para a vacina da Pfizer contra a covid-19.

A liberação rápida da vacina era amplamente esperada depois que um painel de conselheiros especialistas do FDA na quinta-feira (10) endossou seu uso de emergência para ajudar a conter uma pandemia que matou mais de 285.000 pessoas nos país.

A decisão definirá o cenário para que os primeiros americanos sejam imunizados fora dos testes clínicos, já na segunda ou terça-feira, com profissionais da saúde entre os primeiros da fila.

A Pfizer pediu que a vacina, desenvolvida com a parceira alemã BioNTech, seja aprovada para uso em pessoas de 16 a 85 anos.

As empresas disseram no mês passado que um regime de duas doses da vacina foi 95% eficaz na prevenção da doença de COVID-19. Dados detalhados divulgados em documentos da FDA antes da reunião do painel consultivo mostraram que a vacina começou a proteger os receptores antes mesmo de eles receberem uma segunda dose.

O Reino Unido aprovou a vacina Pfizer/BioNTech na semana passada e iniciou um programa de imunização em massa na terça-feira. O Canadá também autorizou a vacina com inoculações previstas para começar na próxima semana.

Últimas