Novo Coronavírus

Internacional Alemanha impõe quarentena a viajantes vindos da Grã-Bretanha

Alemanha impõe quarentena a viajantes vindos da Grã-Bretanha

Isolamento de duas semanas não poderá ser reduzido mesmo com um teste negativo, informa determinação

AFP
Pessoas fazem fila em centro de testagem alemão

Pessoas fazem fila em centro de testagem alemão

Adam Berry - 22/05/2021/AFP

Todos os viajantes procedentes da Grã-Bretanha serão submetidos na Alemanha a um período de quarentena de duas semanas, que não poderá ser reduzido mesmo com um teste negativo de covid-19, anunciou o instituto de vigilância sanitária Roberto Koch.

Por causa da propagação da variante indiana do coronavírus em seu território, a Grã-Bretanha será classificada a partir de domingo (23) pela Alemanha como zona de mutação das variantes, acrescentou o instituto.

A partir de domingo, companhias aéreas, empresas de ônibus e trens serão autorizadas a transportar para a Alemanha apenas cidadãos alemães ou residentes no país.

O Reino Unido é o primeiro país europeu em algum tempo a se tornar uma área de circulação do vírus e suas variantes. Atualmente, apenas onze países da Ásia, África e América Latina se enquadram nessa categoria de alto risco, de acordo com a Alemanha.

A variante indiana B.1.617.2 é considerada particularmente contagiosa e tem contribuído amplamente para a explosão do número de infecções na Índia nos últimos meses.

Na manhã de sexta-feira, o ministro da Saúde alemão, Jens Spahn, manifestou a sua preocupação pela Grã-Bretanha, considerando que é necessário "evitar que a variante" se alastre na Alemanha.

Últimas