Alunos de sala de aula inteira estão desaparecidos após tiroteio, diz jornal

Atirador foi morto no local; polícia suspeita de segundo atirador

Alunos de sala de aula inteira estão desaparecidos após tiroteio, diz jornal

Crianças deixam a escola após tiroteio

Crianças deixam a escola após tiroteio

Divulgação/Newtown Bee/Shannon Hicks/Reuters

Alunos de uma sala de aula inteira estão desaparecidos após um tiroteio em uma escola primária em Newtown, no Estado norte-americano de Connecticut, nesta sexta-feira (14), afirmou um jornal local.

O Hartford Courant, citando fontes não identificadas, disse que pelo menos 20 pessoas foram alvejadas e que muitos dos tiros aconteceram em uma sala do jardim da infância na escola Sandy Hook.

A CBS News e a agência Associated Press, também citando autoridades não identificadas, disseram que pelo menos 27 pessoas, incluindo possivelmente 18 crianças, foram mortas quando ao menos um atirador abriu fogo na escola em Newtown, Connecticut.

Atiradores assustaram o mundo nos últimos anos

A polícia recebeu o aviso do tiroteio pouco após as aulas começarem, por volta das 9h40 locais, por isso enviou várias equipes que permanecem em frente à escola.

Vários alunos foram levados para o estacionamento do centro educacional por seus professores, entre gritos e choros, ainda segundo a imprensa americana.

A prefeitura de Newtown decretou o fechamento de todos os colégios da região "até que se saiba com clareza o que está ocorrendo".

O presidente dos EUA, Barack Obama, está sendo informado pontualmente sobre o caso, afirmou em entrevista coletiva o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney.

Quer ficar bem informado? Leia mais

O que acontece no mundo passa por aqui