Novo Coronavírus

Internacional Apesar de avanço em IDH, Brasil perde 5 lugares em ranking mundial

Apesar de avanço em IDH, Brasil perde 5 lugares em ranking mundial

País figura na 84ª colocação da lista divulgada pela ONU (Organizações das Nações Unidas), depois de ficar no 79º lugar no ano passado

  • Internacional | Do R7

Expectativa de vida é um dos aspectos avaliados pela ONU

Expectativa de vida é um dos aspectos avaliados pela ONU

Lalo de Almeida/Folhapress

O IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) do Brasil melhorou na passagem de 2018 para 2019, mas o país perdeu cinco colocações e agora aparece na 84ª posição no ranking mundial.

A lista foi divulgada pela ONU (Organização das Nações Unidas) nesta terça-feira (15).

Agora, o país possui um índice de 0,765, calculado com base em indicadores do ano passado - pouco acima dos 0,761 registrados no ano passado., quando o Brasil aparecia em 84º lugar. Mesmo com a queda, a ONU classifica o Brasil entre os países com alto desenvolvimento humano, classificação que vai da posição 67 à 119.

ONU analisa ainda nível de escolaridade e saneamento

ONU analisa ainda nível de escolaridade e saneamento

Fernando Frazão/Agência Brasil - 14.03.2020

No IDH, quanto mais perto de 1, maior é o desenvolvimento do país. Para o cálculo do IDH são levadas em consideração a expectativa de vida, nível de escolaridade e o PIB per capita. Os dados deste IDH ainda não contam com os impactos da pandemia do novo coronavírus nos países e foram calculados com base em 2019.

O Brasil aparece atrás de outros países da América Latina, como Colômbia (83º lugar), Peru (79º), México (74º), Uruguai (55º), Argentina (46º) e Chile (43º). Na América Latina, o país mais bem colocado é o Chile, com 0,851, apesar dos protestos populares e crise política que explodiu no país em setembro de 2019.

Liderança e 'lanterna' do ranking

A Noruega lidera o ranking mundial de IDH deste ano, seguida por outros países europeus, como Suíça e Irlanda. A pontuação da Noruega é de 0,957, seguida pela Suíça e Irlanda, que empataram com 0,955.

Os três países com os piores IDHs lista são africanos: o Chade, com 0,398, na 187ª posição; República Centro Africana, com 0,397, na 188ª colocação; e, na última colocação, aparece o Níger, na 189ª colocação, com indicador 0,394.

Dez primeiros colocados do ranking e respectivo IDH

1 - Noruega - 0,957
2 - Irlanda - 0,955
2 - Suíça - 0,955
4 - Hong Kong (China) - 0,949
4 - Islândia - 0,949
6 - Alemanha - 0,947
7 - Suécia - 0,945
8 - Austrália - 0,944
8 - Holanda - 0,944
10 - Dinamarca - 0,940

Países da América Latina e respectivo IDH

43 - Chile - 0,851
46 - Argentina - 0,845
55 - Uruguai - 0,817
62 - Costa Rica - 0,810
70 - Cuba - 0,783
74 - México - 0,779
79 - Peru - 0,777
83 - Colômbia - 0,767
84 - Brasil - 0,765
86 - Equador - 0,759
103 - Paraguai - 0,728

Últimas