Novo Coronavírus

Internacional Argentina decreta confinamento nacional até 30 de maio

Argentina decreta confinamento nacional até 30 de maio

Apenas trabalhadores considerados essenciais poderão circular; medida foi decidida para tentar controlar avanço da covid no país

  • Internacional | Do R7

Argentina decreta novo confinamento nacional até 30 de maio

Argentina decreta novo confinamento nacional até 30 de maio

Agustin Marcarian/Reuters - 17.4.2021

O presidente da Argentina, Augusto Fernández, anunciou na quinta-feira (20) um novo confinamento nacional até o dia 30 de maio, para tentar controlar o avanço do coronavírus no país.

A intenção é restringir ao máximo a circulação de pessoas e permitir que apenas trabalhadores essenciais possam sair de casa. Como em 2020, são considerados essenciais os profissionais da saúde, servidores públicos e funcionários de mercados, farmácias e veterinários.

Restaurantes e outros estabelecimentos que sirvam comida poderão funcionar, mas com a modalidade da entrega à domicílio ou retirada do pedido no local.

Professores, babás e cuidadores ficaram de fora da lista divulgada pelo governo de profissões essenciais e terão que respeitar o confinamento obrigatório.

Apesar das novas medidas de restrição, os argentinos que precisarem sair de casa pela próxima semana terão que entrar no aplicativo do CuidAR e preencher um formulário, para garantir que possam deixar a quarentena.

Últimas