Assessor de Boris Johnson é isolado com sintomas de coronavírus

David Cummings vai continuar em contato com o governo trabalhando de casa. Premiê britânico confirmou na quinta-feira (26) que está doente

Assessor de Boris Johnson está com coronavírus

Assessor de Boris Johnson está com coronavírus

Will Oliver/EFE/EPA - 30.3.2020

David Cummings, o principal assessor do primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, apresentou sintomas de coronavírus durante o fim de semana passado e agora está isolado em casa.

Promotor da campanha para a saída do Reino Unido da União Europeia durante o referendo do Brexit, Cummings continuará em contato com o governo ao longo do confinamento, confirmou nesta segunda-feira um porta-voz governamental.

O premiê britânico também informou na quinta-feira passada que havia contraído o novo coronavírus, mas continua trabalhando de casa e liderando o país no combate à pandemia.

Outro integrante do gabinete de Johnson, o deputado escocês Alister Jack, anunciou no sábado passado que havia se isolado voluntariamente após manifestar leves sintomas.

Também está com Covid-19 o secretário de Saúde, Matt Hancock, enquanto o assessor médico do governo britânico, Chris Whitty, se isolou ao notar sintomas semelhantes aos da doença.