Estado Islâmico

Internacional Ataque do Estado Islâmico deixa 13 policiais mortos no norte do Iraque

Ataque do Estado Islâmico deixa 13 policiais mortos no norte do Iraque

Um dos mais mortais em 2021, atentado foi cometido por células terroristas que se aproveitam da fragilidade militar do país

  • Internacional | Da AFP

Forças de segurança do Iraque são alvo fácil para células dos terroristas

Forças de segurança do Iraque são alvo fácil para células dos terroristas

Ahmad Al-Rubaye/AFP – 29.01.2021

Treze policiais federais iraquianos foram mortos, neste domingo (5), em um ataque do grupo jihadista Estado Islâmico perto de Kirkuk, norte do Iraque, disseram fontes médicas e de segurança.

"Membros da Organização do Estado Islâmico atacaram um posto de controle da polícia federal", disse um policial sênior à AFP.

O ataque aos policiais "começou pouco antes da meia-noite e durou várias horas", disse a fonte. “São 13 mortos e três feridos” do lado das forças de segurança, segundo este responsável.

Uma fonte médica da cidade de Kirkuk, 65 km ao norte de Rashad, região onde ocorreu o ataque, confirmou esse número à AFP.

Este é um dos ataques mais mortais do Estado Islâmico desde o início do ano.

“As células da organização estão ativas na região ao redor de Kirkuk devido à ausência de apoio aéreo e militar”, disse a fonte.

No final de 2017, o Iraque declarou sua "vitória" militar sobre o EI depois de recapturar grandes cidades que os jihadistas controlavam desde 2014, mas as células continuam a operar e atacar as forças de segurança, especialmente em algumas áreas remotas do norte do Iraque.

Em julho passado, os jihadistas assumiram a responsabilidade por um ataque em Bagdá, que matou mais de 30 pessoas no bairro xiita de Sadr City.

Últimas