Atentado durante casamento no Afeganistão termina com 10 mortos

Explosão de homem-bomba ocorreu no distrito de Pachir-Aw-Agam, na província de Nangarhar, e deixou ainda 20 feridos

Ataque deixou 20 feridos, além de 7 mortos

Ataque deixou 20 feridos, além de 7 mortos

Reprodução/REUTERS/12.07.2019

Pelo menos dez pessoas morreram e outras 20 ficaram feridas depois que um homem-bomba se explodiu em uma cidade do leste do Afeganistão, durante o casamento do sobrinho de um importante miliciano local, que figura entre os mortos.

O atentado aconteceu no começo da manhã desta sexta-feira (12) no distrito de Pachir-Aw-Agam, na província de Nangarhar, e as autoridades informaram que há dez mortos, incluindo o suicida, e 20 feridos, afirmou à agência EFE o porta-voz do governador provincial, Attaullah Khogyanai.

O ataque dentro de uma casa foi perpetrado por um adolescente cheio de explosivos e o alvo era Hajji Turkhan, comandante de uma milícia local que combate à insurgência, disse o porta-voz.

O comandante, que estava no casamento de seu sobrinho, está entre os mortos, concluiu Khogyanai.

O atentado ainda não foi reivindicado e os talibãs negaram sua participação, de acordo com uma mensagem na rede social Twitter do porta-voz Zabihullah Mujahid, onde ressaltou que seus militantes não têm "nada a ver" com o ocorrido.

Na província de Nangarhar está a principal fortaleza do grupo jihadista Daesh (também conhecido como Estado Islâmico), que frequentemente está por trás dos atentados suicidas com vítimas civis.