Coronavírus

Internacional Austrália vai vacinar refugiados e requerentes de asilo contra covid

Austrália vai vacinar refugiados e requerentes de asilo contra covid

Plano do governo é imunizar a maior quantidade de pessoas possível até outubro e autoridades comprarão mais vacinas

  • Internacional | Da EFE, com R7

Austrália vai vacinar refugiados, requerentes de asilo e estrangeiros contra covid

Austrália vai vacinar refugiados, requerentes de asilo e estrangeiros contra covid

Stephane Mahe/Reuters - 14.01.2021

A Austrália distribuirá gratuitamente a vacina contra covid-19 a refugiados, requerentes de asilo, indocumentados e estrangeiros com vistos temporários, anunciou o ministro da Saúde Greg Hunt na quinta-feira (4), além dos cidadãos australianos.

O plano das autoridades australianas é imunizar voluntariamente toda a população até outubro deste ano.

"Temos que garantir que todos em solo australiano estejam seguros" contra o vírus, disse Hunt em uma entrevista coletiva em Canberra, junto com o primeiro-ministro Scott Morrison, anunciando o compromisso de comprar mais 10 milhões de doses da vacina fabricada pela Pfizer.

O país oceânico, que está entre os dez melhores países que controlaram a pandemia, comprou um total de 150 milhões de doses de vacinas da Pfizer, AstraZeneca e Novavax para vacinar seus mais de 25 milhões de habitantes até o final do mês.

A Austrália acumulou mais de 28,8 mil casos de covid-19 desde o início da pandemia, incluindo 909 mortes, e enfrenta pequenos surtos de covid-19 nas cidades de Perth e Melbourne, onde os trabalhadores do hotel em quarentena tiveram testes positivos nesta semana para coronavírus.

Últimas