Internacional Avião de presidente do Equador faz pouso de emergência

Avião de presidente do Equador faz pouso de emergência

Aeronave teve mau funcionamento mecânico; governante estava nos Estados Unidos para participar de reuniões sobre cooperação

  • Internacional | Da EFE

Lenin Moreno (à direita) conversa com o secretário-geral da OEA, Luis Almagro, em Washington

Lenin Moreno (à direita) conversa com o secretário-geral da OEA, Luis Almagro, em Washington

Shawn Thew/ EPA / EFE - 27/01/2021

O avião presidencial do Equador, no qual o chefe de Estado, Lenín Moreno, viajou para visitar os Estados Unidos nesta semana, precisou fazer um pouso de emergência devido a um mau funcionamento e adiou o retorno ao país de origem, informou neste sábado (30) a Secretaria de Comunicação da Presidência equatoriana.

"Informamos que o avião presidencial teve um mau funcionamento mecânico, motivo pelo qual precisou fazer um pouso de emergência", informou o governo em comunicado.

A nota detalha que "o presidente Lenín Moreno todos os ocupantes do avião estão bem e voltarão ao Equador nas próximas horas".

O governante viajou a Washington no domingo passado para participar de reuniões sobre cooperação, assuntos econômicos, investimentos, democracia, liberdade e respeito aos direitos humanos.

Moreno foi a Washington acompanhado pela esposa, Rocío González; o secretário-geral do Gabinete, Juan Sebastián Roldán; a secretária-geral de Comunicação, Caridad Vela; o ministro das Relações Exteriores, Luis Gallegos; e a embaixadora do Equador nos EUA, Ivonne Baki.

Ao longo dos cinco dias de estadia nos EUA, Moreno se reuniu com representantes do Congresso americano, entidades de cooperação, relações internacionais, comércio, assuntos ambientais e organizações multilaterais como o Fundo Monetário Internacional (FMI), o Banco Mundial (BM) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Últimas