Estados Unidos

Internacional Aviões iraquianos e de coalizão atacam militantes do Estado Islâmico em Tikrit

Aviões iraquianos e de coalizão atacam militantes do Estado Islâmico em Tikrit

Ataques aéreos ocorreram na cidade natal de Saddam Hussein

Reuters

Aviões do Iraque e da coalizão atacaram um complexo de palácios na cidade de Tikrit nesta quinta-feira (26), onde militantes do Estado Islâmico estão no controle há mais de três semanas.

Os aviões da coalizão liderada pelos Estados Unidos iniciaram os ataques aéreos contra alvos do Estado Islâmico na cidade natal de Saddam Hussein na quarta-feira, voltando para ajudar forças iraquianas que lutam junto com uma milícia xiita apoiada pelo Irã.

A decisão de prover suporte aéreo para a campanha de Tikrit leva os EUA para uma batalha confusa que coloca a aliança, embora com relutância, no mesmo lado da milícia apoiada pelo Irã.

Em vídeo, Estado Islâmico mostra desfile de prisioneiros

EI cria exército de crianças acostumadas a decapitar desde pequenas

"A Força Aérea iraquiana, junto com a Força Aérea da coalizão, conduziram ataques aéreos mirando nos palácios presidenciais que são base dos líderes e grupos do Estado Islâmico", disse o ministro da Defesa, Brigadeiro Tahseen Ibrahiam Sadiq, em uma base aérea em Bagdá.

Mais de 20 mil tropas iraquianas e grupos aliados paramilitares xiitas, conhecidos como Hashid Shaabi, participaram de ofensivas desde março, mas pausaram há duas semanas atrás após sofrer grandes perdas.

Forças iraquianas retomaram a área em volta de Tikrit na primeira semana da campanha, e entraram em alguns distritos da cidade, que foram tomados em junho pelo Estado Islâmico.

Últimas