Aquecimento Global
Internacional Banco Mundial e 6 países pedem para colocar preço sobre emissões de carbono

Banco Mundial e 6 países pedem para colocar preço sobre emissões de carbono

Tentativa é de combater o aquecimento global

Banco Mundial e 6 países pedem para colocar preço sobre emissões de carbono

Governantes debatem para decidir emissão de carbono para diminuir poluição do planeta

Governantes debatem para decidir emissão de carbono para diminuir poluição do planeta

Reprodução/Facebook

Os líderes de seis países e o Banco Mundial pediram para as economias ao redor do mundo para colocar um preço sobre as emissões de dióxido de carbono na tentativa de combater o aquecimento global durante a 21ª Conferência do Clima das Nações Unidas (COP-21), que ocorre em Paris.

Os líderes da França, Alemanha, Chile, México Etiópia e Canadá querem que seja instituído algum tipo de mecanismo que, essencialmente, cobra um preço por cada tonelada de dióxido de carbono lançado pela indústria. Poderia ser um imposto simples ou um sistema de comércio de créditos de carbono mais complexo, declararam. 

Para o presidente do Banco Mundial, Jim Yong Kim, "simplesmente não podemos nos dar ao luxo de continuar poluindo o planeta no ritmo atual".

— Colocar preços sobre o carbono é crucial para reduzir as emissões. 

Kim afirmou que o número de países, províncias, estados e cidades que colocam preço sobre o carbono triplicou no ano passado. 

A presidente do Chile, Michelle Bachelet, disse que energia barata e suja não é barato para o planeta ou para a saúde das pessoas.