Internacional Bebida alcoólica adulterada deixa ao menos 75 mortos na Índia

Bebida alcoólica adulterada deixa ao menos 75 mortos na Índia

Primeira morte aconteceu na quarta-feira (29). Segundo investigações preliminares, bebida foi vendida em várias áreas rurais da região

Álcool adulterado deixa pelo menos 75 mortos

Álcool adulterado deixa pelo menos 75 mortos

Raminder Pal Singh/EFE/EPA - 2.8.2020

Pelo menos 75 pessoas morreram devido ao consumo de álcool adulterado no estado de Punjab, no norte da Índia, segundo informações passadas pelo inspetor de polícia local Dhruman Nimbole à Agência Efe neste domingo (2).

"Até agora 75 pessoas perderam suas vidas no distrito de Tarn Taran, em Punjab, por causa do consumo de álcool tóxico supostamente distribuído nesta região", disse Nimbale.

As primeiras cinco mortes foram relatadas na última quarta-feira, e desde então houve outros casos de intoxicação em diversas áreas do distrito. De acordo com investigações preliminares, o álcool tóxico foi preparado, engarrafado e vendido em várias áreas rurais da região.

"Estamos tentando identificar as pessoas que consumiram este álcool para que possam ser tratadas", declarou o inspetor, que informou também que 18 pessoas envolvidas na fabricação e comercialização de bebidas foram presas por suposto envolvimento no caso.

A imprensa local relatou outras dez mortes nos distritos de Amritsar e Gurdaspur, mas a polícia não confirmou o total de vítimas. O chefe de governo do Punjab, Amarinder Singh, ordenou uma investigação.

O consumo de álcool ilegal e adulterado na Índia ocorre frequentemente em áreas rurais e na periferia das cidades devido ao baixo preço. Na última semana, autoridades do estado de Andhra Pradesh, no sul da Índia, relataram a morte de 10 pessoas devido ao consumo de desinfetante, em meio a restrições sobre a venda de bebidas alcoólicas para controlar a propagação do novo coronavírus.

Últimas