Internacional Belarus: mais de 400 pessoas são condenadas por protestos

Belarus: mais de 400 pessoas são condenadas por protestos

Condenação mais severa foi de dez anos de prisão, segundo ativistas de direitos humanos bielo-russos

Mais de 400 pessoas são condenadas por protestos em Belarus

Mais de 400 pessoas são condenadas por protestos em Belarus

Reuters/Stringer - 04.10.2020

Mais de 400 pessoas foram condenadas pela repressão de um movimento de protesto em massa contra o presidente Alexander Lukashenko em 2020, em Belarusússia - informou a Procuradoria-Geral nesta quarta-feira (17).

No poder desde 1994, o governo de Lukashenko reprimiu fortemente a histórica mobilização de seus críticos, deflagrada por sua polêmica reeleição em agosto passado.

Diante das manifestações de dezenas de milhares de pessoas em 2020, o governo amordaçou o protesto com detenções em massa marcadas pela violência policial. Os principais oponentes foram presos, ou obrigados a buscar o exílio. 

"Até o momento, os promotores enviaram para os tribunais 468 processos criminais contra 631 pessoas, relacionados com a participação em atos não autorizados em massa e com ações que violam gravemente a ordem pública", disse a Procuradoria-Geral em um comunicado.

"Mais de 400 pessoas já foram condenadas", afirma a nota.

Até agora, a condenação mais severa foi de dez anos de prisão, segundo ativistas de direitos humanos bielo-russos.

Últimas