Internacional Biden diz que governador de NY deveria renunciar

Biden diz que governador de NY deveria renunciar

Presidente afirmou que Andrew Cuomo, seu amigo e companheiro de partido, tem de sair após denúncias de assédio sexual

  • Internacional | Do R7

Jonathan Ernst / Reuters - 3.8.2021

O presidente dos EUA, Joe Biden, disse que o governador de Nova York, o também democrata Andrew Cuomo, deveria renunciar ao cargo após a divulgação de uma investigação que mostrou que Cuomo assediou sexualmente diversas mulheres.

Leia também: Governador de NY assediou várias mulheres, diz procuradora-geral

Biden respondeu que "sim" a um jornalista na Casa Branca se o governador, que está no terceiro mandato, deveria deixar o cargo. O presidente, no entanto, não falou que ele deveria ser retirado caso se recusasse a sair.

Cuomo está sob investigação por parte da promotoria do Estado e prometeu lutar contra as acusações. Segundo ele, o relatório da acusação é "tendencioso" e os "fatos são muito diferentes do que foi relatado".

Ao longo dos últimos meses, Biden tinha evitado comentar as acusações contra Cuomo, de quem é amigo há muitos anos. Enquanto isso, o governador foi se isolando cada vez mais do restante do Partido Democrata.

O presidente afirmou que não falou com Cuomo e que não leu o relatório completo feito pela promotoria de Nova York. "Tudo que eu sei é o resultado final", contou.

Outra antiga aliada do governador que se afastou dele nesta terça-feira foi a presidente da Câmara dos Representantes, Nancy Pelosi. "Como sempre, aplaudo as mulheres que trouxeram a verdade à tona. Reconhecendo o amor que ele tem por Nova York e o respeito que ele tem pelo cargo que ocupa, peço que ele renuncie", disse a democrata, em um comunicado.

Últimas