Internacional Biden enaltece vacinação e diz que criará milhões de empregos

Biden enaltece vacinação e diz que criará milhões de empregos

No primeiro discurso no Congresso dos Estados Unidos, presidente ressaltou os avanços nos 100 primeiros dias de governo

  • Internacional | Do R7, com Reuters

Biden faz primeiro discurso ao Congresso dos Estados Unidos

Biden faz primeiro discurso ao Congresso dos Estados Unidos

Reuters - 28.04.2021

Em primeiro discurso para o Congresso dos Estados Unidos, o presidente Joe Biden afirmou que o país está transformando a crise causada pela pandemia em novas oportunidades, ressaltou a campanha de imunização em massa e a criação de empregos nos primeiros 100 dias de governo.

No início do discurso, Biden enalteceu a presença de duas mulheres ao seu lado: Kamala Harris (vice-presidente) e Nancy Pelosi (presidente da Câmara). O presidente afirmou que depois de 100 dias de governo, o país está se movimentando de novo, com novas possibilidades e fortalecendo a democracia, citando o ataque o Capitólio em janeiro deste ano, no final do governo de Donald Trump.

Biden afirmou que 220 milhões de vacinas já foram aplicadas nos primeiros 100 dias e destacou as ações para imunizar a população em todo o território norte-americano. O democrata pediu que as pessoas compareçam aos locais de vacinação, citou que mais da metade dos adultos já recebeu pelo menos uma dose da vacina e pediu que a população não baixe a guarda no combate à pandemia.

O presidente afirmou que a ajuda financeira disponibilizada para a população mais necessitada tem feito a diferença em vários estados, reduzindo a fome e garantindo que as pessoas consigam pagar o aluguel. Biden afirmou que o plano de resgate econômico também ajudará a diminuir a desnutrição infantil.

Biden afirmou que 1 milhão e 300 mil empregos foram criados em apenas 100 dias, mais do que qualquer outro presidente na história norte-americana conseguiu no mesmo período de tempo, e que a economia irá crescer 6% neste ano, segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI). O presidente ressaltou que é preciso investir em infraestrutura, principalmente em rodovias, saneamento básico e energia, o que irá garantir milhões de empregos nos próximos anos. Joe Biden citou que dois milhões de mulheres tiveram que deixar os empregos durante a crise causada pela pandemia.

O democrata também destacou a preocupação com a mudança climática e afirmou que os investimentos em energias renováveis serão importantes para a criação de empregos. Biden ressaltou que o governo irá trabalhar para que a população compre produtos fabricados nos Estados Unidos, o que irá favorecer a classe média do país.

Biden afirmou que o salário mínimo será de US$ 15 por hora e defendeu o direito dos trabalhadores de se filiarem a sindicatos. O presidente pediu investimento em pesquisas, especialmente na área da saúde, e destacou a importância do Congresso liberar verba para diferentes setores. O democrata afirmou que os Estados Unidos precisam continuar ocupando o espaço de líder no mundo, citou os avanços da China, e disse que é preciso investir na educação infantil para garantir a formação de bons profissionais. Biden também disse que é necessário melhorar o acesso de negros e outras minorias a faculdades.

O presidente afirmou que quer diminuir o preço dos remédios, melhorar o acesso à saúde por parte dos mais pobres e também defendeu que o 1% mais rico pague mais impostos. O democrata afirmou que não vai impor nenhum aumento de imposto para quem ganha menos de US$ 400 mil por ano e que é preciso mudar a tributação para as grandes empresas do país.

O presidente mirou na China prometendo manter uma forte presença militar dos EUA no Pacífico e disse que vai impulsionar o desenvolvimento tecnológico e o comércio. Biden afirmou que a competição com a China é como o maior desafio de política externa que o país enfrenta. Ele e seus companheiros democratas, bem como os republicanos da oposição, adotaram uma postura mais dura nas negociações com Pequim.

Joe Biden pediu que democratas e republicanos aprovem um novo projeto para a imigração e destacou que os imigrantes ajudaram na construção do país e durante a pandemia. O presidente também afirmou que sempre irá defender a democracia, que é preciso que o sistema funcione, e que trabalhou nesses 100 dias para restaurar a fé da população na democracia. Biden encerrou o discurso no Congresso afirmando que está otimista sobre o futuro do país e que ‘não é bom apostar contra os Estados Unidos’.

Últimas