Internacional Boris Johnson é alvo de críticas por passear de bicicleta em Londres

Boris Johnson é alvo de críticas por passear de bicicleta em Londres

Premiê foi visto na tarde do último domingo (10)  pedalando pelo Parque Olímpico, a cerca de 11 quilômetros da residência oficial

  • Internacional | Da EFE

Primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, andando de bicicleta em Londres

Primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, andando de bicicleta em Londres

EFE/EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, vem sendo alvo de críticas por ter sido visto andando de bicicleta longe de sua residência oficial em Londres, apesar dos apelos para que a população se exercite perto de sua casa, como parte das atuais medidas de confinamento na Inglaterra.

Os jornais noticiaram nesta terça-feira (12) que o premiê foi visto na tarde do último domingo (10) usando capacete, máscara e andando de bicicleta no Parque Olímpico, no leste de Londres e a cerca de 11 quilômetros de sua residência oficial, na 10 Downing Street .

Embora as regras sobre confinamento sejam um tanto ambíguas, pede-se que limitem seus exercícios físicos - como correr, caminhar ou andar de bicicleta - à sua área "local".

A imprensa destaca que Johnson está quebrando o espírito das regras ao ser visto em sua bicicleta no bairro de Stratford, onde fica o Parque Olímpico, acompanhado por seu segurança.

A residência de Downing Street se recusou a comentar sobre a caminhada do político na tarde de domingo.

Johnson gosta de andar de bicicleta do centro de Londres até Stratford, o que aparentemente fazia quando morava no bairro de Islington, no norte de Londres, de acordo com a imprensa.

O primeiro-ministro é apaixonado pelo ciclismo e, quando era prefeito de Londres, sempre pedalava de Islington até seu gabinete.

O parlamentar trabalhista Andy Slaughter afirmou que o chefe do governo deveria "liderar pelo exemplo", dado que Londres tem um alto nível de infecções por Covid-19, mas Johnson está, "mais uma vez, no faça o que eu digo e não o que eu faço".

Este incidente acontece depois que vários ministros endossaram a decisão da polícia na semana passada de multar duas mulheres em Derbyshire, no norte da Inglaterra, depois que elas terem dirigido por oito quilômetros para realizar uma caminhada em um parque.

Últimas