Internacional Brasil se oferece para participar de missão de paz na Síria

Brasil se oferece para participar de missão de paz na Síria

O ministro Patriota afirmou estar preocupado com a situação no país

O ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, afirmou nesta terça-feira (13) que o Brasil está disposto a participar de uma eventual missão de paz da ONU na Síria e se disse preocupado pela possível extensão do conflito nesse país.

"O Brasil já contribuiu no passado e estaria disposto a considerar a possibilidade de participar de uma futura missão de paz", declarou Patriota, que, no entanto, esclareceu que o organismo internacional ainda não tomou uma decisão.

Também sustentou que o Conselho de Segurança da ONU deveria dar "todas as garantias necessárias" a essa possível missão de paz.

EUA afirmam que oposição síria é uma representante legítima do povo

França reconhece nova coalizão de oposição da Síria

Timidez no caso Síria mostra que Brasil perdeu o rumo na política externa, dizem especialistas

Segundo o ministro, "a comunidade internacional reconhece que não deve haver uma maior militarização do conflito", mas ao mesmo tempo observa uma espiral crescente de violência, que ameaça expandir-se para além das fronteiras sírias.

"A perspectiva que o conflito comece a afetar outros países começa a preocupar e muito", comentou Patriota, em alusão aos recentes incidentes com Israel e Turquia. 

Quer ler mais notícias? Clique aqui

Leia mais notícias em Internacional

R7 Fotos - Imprima suas fotos! Desconto de 25%. Clique aqui!

Últimas