Internacional Caminhão invade churrasco e deixa seis mortos nos Países Baixos

Caminhão invade churrasco e deixa seis mortos nos Países Baixos

De acordo com autoridades, motorista do veículo não estava sob efeito de álcool no momento do acidente

AFP

Resumindo a Notícia

  • Seis pessoas morreram e sete ficaram feridas após acidente em churrasco nos Países Baixos
  • Caminhão desgovernado pertence a uma empresa espanhola
  • Motorista foi conduzido para exames, que não detectaram álcool em seu sangue
  • Entre os feridos, três pessoas, incluindo uma grávida, eram da mesma família
Autoridades dos Países Baixos fizeram perícia no local do acidente

Autoridades dos Países Baixos fizeram perícia no local do acidente

Jeffrey Groeneweg/ANP/AFP - 28.08.2022

A polícia dos Países Baixos informou neste domingo (28) que seis pessoas morreram e sete ficaram feridas quando um caminhão com placa da Espanha atropelou um grupo de pessoas que participavam de um churrasco perto de Roterdã.

O acidente aconteceu neste último sábado (27), quando o caminhão saiu da estrada no vilarejo de Nieuw-Beijerland, a 30 km de Roterdã. O veículo avançou contra um grupo de pessoas que estavam em um churrasco organizado por um clube de patinação, informou a imprensa local.

"Seis pessoas morreram e sete ficaram feridas, uma em estado grave, no acidente de ontem", afirmou a porta-voz da polícia, Mirjam Boers. "Estamos investigando o que aconteceu exatamente", acrescentou.

As vítimas foram três mulheres, de 28, 32 e 75 anos, e três homens, de 41, 50 e 62 anos, todos moradores da região, segundo a polícia. Um dos feridos está internado em estado grave.

O caminhão pertence à empresa El Mosca, com sede na Espanha. O motorista foi detido e "não estava sob efeitos de bebida alcoólica", afirmou a porta-voz policial. "Uma das vítimas estava grávida", informou o prefeito Charlie Aptroot. Ainda segundo ele, havia crianças entre os feridos.

O rei Guilherme Alexandre e a rainha Máxima expressaram sua dor pela tragédia. O premiê da Holanda, Mark Rutte, também ofereceu seus pêsames.

Uma testemunha citada pela TV local afirmou que o caminhão parou em um cruzamento antes de seguir em direção ao grupo. Três das vítimas — uma mãe, o filho e a nora, grávida — pertenciam à mesma família, segundo a emissora.

O eventou causou comoção na comunidade de Nieuw-Beijerland. "Quando chegamos aqui, a situação era realmente horrível. Havia muitos policiais, ambulâncias, caminhões de bombeiro, todo mundo estava aqui", contou à AFP o morador Bob van den Burg, de 20 anos, que visitou ontem o local do acidente. "Todo mundo foi afetado e lamenta a morte das pessoas daqui, onde nunca acontece nada. Quase não há roubos nem nada horrível."

Últimas