Novo Coronavírus

Internacional China anuncia mais seis casos de contágio local do novo coronavírus

China anuncia mais seis casos de contágio local do novo coronavírus

Todas as infecções foram registradas em Pequim. Governo do país decidiu adiar a retomada das aulas em creches e ensino fundamental

  • Internacional | Da EFE

China anunciou novas infecções pelo coronavírus

China anunciou novas infecções pelo coronavírus

Roman Filipey/EFE/EPA

A Comissão Nacional de Saúde da China informou, neste sábado (13), que onze novos casos de coronavírus foram detectados no país até a sexta-feira, cinco no exterior e seis dentro do país.

Todas as infecções foram encontradas na capital Pequim, onde, na quinta-feira, havia sido registrado o primeiro caso dos últimos 55 dias.

O caso de Pequim na quinta-feira também foi o primeiro de contágio local na China em 18 dias e provocou alertas na capital, onde a retomada das aulas em creches e ensino fundamental foi adiada ontem.

Tudo indica que esses novos seis casos em Pequim levarão à retomada de algumas medidas preventivas relaxadas na cidade, onde, há uma semana, o nível de emergência sanitária foi reduzido, passando de 2 para 3.

Os casos "importados" foram detectados nas cidades de Tianjin (nordeste), Xangai (leste), Cantão (sul), Hainan (nordeste) e Sichuan (sudoeste), enquanto não houve novas mortes em todo o país e não foram relatados novos casos suspeitos.

Dois pacientes receberam alta e 635 contatos próximos dos infectados não foram mais observados. Do total de 1.808 casos do exterior, 66 ainda estão ativos, enquanto 1.742 tiveram alta e nenhuma morte ocorreu.

Em toda a China, 74 casos do vírus permanecem ativos, de um total de 83.075 confirmados que foram detectados desde o início da pandemia, causando 4.634 fatalidades.

Em relação às infecções assintomáticas, foram registrados sete novos casos, cinco deles procedentes do exterior, dos quais nenhum passou a fazer parte da lista confirmada.

Noventa e oito casos de infecção assintomática permanecem sob observação médica, 48 deles "importados".

Na região semi-autônoma de Hong Kong, 44 casos permanecem ativos das 1.108 infecções que causaram quatro mortes, enquanto, em Taiwan, há 5 casos ativos do total de 443 confirmados que causaram sete mortes.

Últimas