Internacional China desarticula rede que vendia cortes de frango vencidos há 46 anos

China desarticula rede que vendia cortes de frango vencidos há 46 anos

As peças eram processadas e vendidas para diferentes áreas do país

China desarticula rede que vendia cortes de frango vencidos há 46 anos

Havia casos de peças fora do prazo desde a década de 1960

Havia casos de peças fora do prazo desde a década de 1960

Reprodução/telegraph.co.uk

Policiais da China descobriram uma rede clandestina de cortes de frango, armazenados inadequadamente e que, em alguns casos, estavam fora do prazo há 46 anos.  

A operação policial desarticulou o esquema na cidade de Nanning, no sul do país.  

Foram apreendidas 20 toneladas de pernas de frango congelado, cujo armazenamento era inadequado, e havia casos de peças fora do prazo desde a década de 1960.  

Nas redes sociais, consumidores criticavam a falta de controle das autoridades chinesas.  

Várias peças localizadas pela polícia tinham selos de importação de países vizinhos, pois Nanning fica próxima à fronteira com o Laos e Vietnã.  

As peças eram importadas, mas processadas em fábricas chinesas e vendidas para diferentes áreas do país, segundo as autoridades.  

De acordo com os investigadores, alguns cortes de frango foram conservados em peróxido de hidrogênio, aditivo ilegal que retarda a data de validade, dando um aspecto de novo ao produto.  

O que acontece no mundo passa por aqui

Moda, esportes, política, TV: as notícias mais quentes do dia