China

Internacional China lamenta morte do porco que sobreviveu a terremoto em 2008

China lamenta morte do porco que sobreviveu a terremoto em 2008

Zhu Jianqiang se tornou um ícone nacional ao ser encontrado com vida após resistir a 36 dias sob escombros

AFP
Zhu Jianqiang sobreviveu ao terremoto de 2008 e virou um herói na China

Zhu Jianqiang sobreviveu ao terremoto de 2008 e virou um herói na China

Johannes EISELE / AFP

A morte do porco Zhu Jianqiang aos 14 anos causou tristeza na China, nesta quinta-feira (17), onde este animal se tornou um ícone nacional, após sobreviver um forte terremoto em 2008, passando 36 dias sob os escombros.

Zhu Jianqiang ("Porco Forte", em português) ficou famoso, ao ser encontrado com vida depois que um terremoto de magnitude 7,9 devastou a província de Sichuan, no sudoeste da China, em 12 de maio de 2008. O sismo deixou 90.000 pessoas mortas, ou desaparecidas.

Em meio a essa tragédia, a milagrosa história do porco que resistiu com um saco de carvão vegetal e água da chuva foi celebrada como um símbolo inspirador da vontade de sobreviver.

Testemunhas relataram que, ao ser retirado dos escombros, o jovem porco parecia uma cabra pelos muitos quilos perdidos.

Um museu local perto da cidade de Chengdu adquiriu o animal por 3.008 iuanes (US$ 450) e o manteve como atração turística até o fim de seus dias.

Na quarta-feira à noite (16), ele sucumbiu, por sua "idade avançada e pelo esgotamento", disse o museu na rede social Weibo (o Twitter chinês).

Em uma escala humana, o animal já teria 100 anos, disse o jornal "The Global Times", citando seu criador.

O célebre porco foi escolhido o animal do ano na China em 2008, porque "ilustrou vivamente o espírito de nunca desistir".

Na rede Weibo, a hashtag #PorcoForteMorreu obteve quase 300 milhões de visualizações até o meio-dia desta quinta-feira e crescia rapidamente.

Os usuários dessa plataforma se referiam a ele como "o porco mais famoso da história".

"Era um animal forte, não apenas por sobreviver ao terremoto, mas também por seus 13 anos de vida posterior", dizia uma das mensagens no Weibo.

Wuhan tem formatura sem máscara para 11 mil alunos

Últimas