Coronavírus

Internacional China registra primeira morte por covid-19 desde maio 

China registra primeira morte por covid-19 desde maio 

País também teve o maior número de casos diários desde março, com 138 infecções. Autoridades fecharam cidades para conter vírus

  • Internacional | Da EFE

China tem maior número de casos diários desde março e primeira morte em 8 meses

China tem maior número de casos diários desde março e primeira morte em 8 meses

Roman Pilipey/EFE/EPA - 14.1.2020

A Comissão Nacional de Saúde da China relatou nesta quinta-feira a primeira morte por covid-19 no país desde 17 de maio.

Segundo a entidade, o óbito foi confirmado na província de Hebei, que circunda a capital, Pequim, e onde um novo surto da doença provocou o fechamento de três cidades.

Com isso, o número oficial de mortes por covid-19 na parte continental da China chegou a 4.635 desde o início da pandemia.

A comissão também anunciou que 138 contágios pelo novo coronavírus foram confirmados na quarta-feira. Este foi o maior número em um só dia na China desde 6 de março, quando foram relatados 143. O total desde que a pandemia começou subiu para 87.844.

Dos casos de quarta, 124 se referem a contágios locais, todos no nordeste do país, sendo 81 em Hebei e 43 na província de Heilongjiang, que fica na fronteira com a Rússia e onde também foi registrado recentemente um surto.

Os casos restantes foram detectados em Xangai (8), Pequim (1) e nas províncias de Guangzhou (3), Henan (1) e Guangxi (1).

As autoridades do país fazem essa contagem de casos considerando apenas aqueles em que os infectados apresentam sintomas de covid-19. Em relação a assintomáticos, houve 78 contágios na quarta-feira (três deles referentes a pessoas que estiveram em outros países). O total de casos atualmente sob observação é de 599, dos quais 252 são os chamados "importados".

Na cidade semiautônoma de Hong Kong, as autoridades anunciaram 42 novos casos em 24 horas. O número total de infectados chegou a 9.386 desde o início da pandemia, e o de mortes, a 161.

Últimas