Internacional China resgata 11 trabalhadores presos em mina de ouro há 14 dias

China resgata 11 trabalhadores presos em mina de ouro há 14 dias

Vinte e dois homens ficaram presos a cerca de 600 metros de profundidade na mina de Hushan após uma explosão

Reuters

Resumindo a Notícia

  • Imagens mostraram o primeiro mineiro resgatado, com uma venda preta nos olhos
  • Operação de resgate continua procurando os outros desaparecidos
  • Acredita-se que um dos 22 mineiros que ficaram presos esteja morto
  • Explosão aconteceu no dia 10 em Qixia, uma importante região produtora de ouro
22 mineiros ficaram presos após explosão no dia 10

22 mineiros ficaram presos após explosão no dia 10

Reprodução/Vídeo/Reuters

Equipes chinesas regataram 11 mineiros de ouro neste domingo (24), 14 dias depois de terem ficado presos após uma explosão subterrânea na província de Shandong, leste da China, informou a emissora estatal CCTV.

As imagens mostraram o primeiro mineiro resgatado, com uma venda preta nos olhos, sendo retirado de um poço de mina pela manhã. O trabalhador estava extremamente fraco, disse a CCTV em seu site Weibo. Equipes de resgate envolveram o homem em um cobertor antes de levá-lo ao hospital de ambulância.

Nas horas seguintes, dez mineiros de uma seção diferente da mina, que estavam recebendo alimentos e suprimentos de equipes de resgate na semana passada, foram trazidos à superfície.

Um deles estava ferido, mas vários dos outros foram mostrados caminhando, apoiados por equipes de resgate e vestindo um pano preto sobre os olhos, antes de deixar o local em ambulâncias.

Vinte e dois trabalhadores ficaram presos a cerca de 600 metros de profundidade na mina de Hushan após uma explosão no dia 10 em Qixia, uma importante região produtora de ouro sob a administração de Yantai na província costeira de Shandong.

Resgate continua

A operação de resgate continua procurando os outros desaparecidos em um local de explosão de uma mina de ouro.  "Os casos graves foram retirados primeiro e os seguintes estão em melhores condições físicas e psicológicas", disse Xiao Wenru, engenheiro-chefe do Centro de Resgate de Minas sob o Ministério de Gestão de Emergências.

O chefe da equipe de resgate disse que as equipes continuarão procurando os outros 10 mineiros que ainda estão sem contato após o acidente.

“Os socorristas checaram os mineiros para ver se tinham ferimentos e cobriram os olhos para proteção. De modo geral, a operação de resgate foi mais rápida do que o esperado. Depois de retirar todos os mineiros encontrados, continuaremos com a busca pelos outros desaparecidos", disse Chen Yumin, chefe da equipe de resgate no local.

Antes do domingo, as equipes de resgate estabeleceram contato com apenas 10 dos mineiros, que estão em boas condições físicas e psicológicas. Acredita-se que outro esteja morto.

As equipes de resgate disseram no sábado que os 10 trabalhadores voltaram a uma dieta normal após depender de soluções nutritivas para sobreviver nos dias anteriores. A sede do resgate no local informou que enviou alimentos, roupas e outros suprimentos para os 10 mineiros por meio de um canal.

Últimas