Internacional Ciclone se aproxima da Austrália e ajuda a apagar últimos incêndios

Ciclone se aproxima da Austrália e ajuda a apagar últimos incêndios

Chuvas causadas pela aproximação do ciclone Uesi encerram estiagem de 3 anos e ajudam bombeiros a conter últimos focos de incêndios florestais

incêndios austrália

Cidade no leste da Austrália ficou debaixo d'água

Cidade no leste da Austrália ficou debaixo d'água

Reprodução via Reuters

Trazidas pela aproximação de um ciclone tropical, as chuvas mais intensas dos últimos 30 anos atingiram o estado de Nova Gales do Sul, no sudeste da Austrália, nesta semana. As tempestades ajudaram a controlar cerca de 30 focos remanescentes dos incêndios florestais que dizimavam a região desde novembro.

A mudança de clima não apenas ajudou os bombeiros a controlar as chamas como acabou com uma seca generalizada de quase 3 anos na região, e também encheu rios que estavam secos. Em alguns pontos, nas cidades próximas a Sydney, houve até inundações.

Leia mais: Incêndios na Austrália queimaram área maior que Pernambuco

Segundo um boletim do Serviço de Meteorologia da Austrália, o ciclone estava a cerca de 1000km a leste do país nesta quarta-feira (12) e deve perder força no oceano, sem chegar à terra. 

As tempestades, no entanto, atingiram com força as cidades no litoral leste australiano, como Sydney, que teve a maior chuva acumulada desde 1990. A cidade de Nana Glen, 400km ao norte, foi inundada. Várias praias foram fechadas para os banhistas porque estavam com ondas muito altas e escolas também tiveram as aulas suspensas.

Ajuda contra incêndios

No entando, o mau tempo foi comemorado por quem passou os últimos meses tentando conter a pior onda de incêndios florestais da história recente da Austrália.

"Depois de uma temporada de incêndios realmente devastadora, tanto para os bombeiros quanto para os moradores, que sofreram tanto nos últimos meses, todos os focos foram contidos em Nova Gales do Sul, uma excelente notícia", disse o subcomissário dos Bombeiros Rurais do estado, Rob Rogers, em um vídeo postado no Twitter.

"Nem todos os focos estão apagados, ainda há alguma atividade no sul do estado, mas todos os incêndios estão contidos, então podemos finalmente focar em ajudar as pessoas a refazer suas vidas", concluiu.