Com covid-19, Johnson não precisa de ventilador para respirar na UTI

O primeiro-ministro britânico foi transferido para a unidade de tratamento intensivo um dia após ser hospitalizado devido ao agravamento dos sintomas

Boris Johnson está internado na UTI de um hospital de Londres

Boris Johnson está internado na UTI de um hospital de Londres

Toby Melville / Reuters - 4.3.2020

Internado em uma UTI em Londres para tratar os sintomas da covid-19, o primeiro-ministro britânico está consciente e não precisa do auxílio de ventilador para respirar. A informação foi confirmada pelo ministro de Gabinete, Michael Gove, em entrevista à imprensa local nesta terça-feira (7).

Boris Johnson tem piora e é levado para a UTI

"Ele não está em um ventilador não", disse Gove à rádio LBC. "O primeiro-ministro recebeu um pouco de oxigênio e é mantido sob, é claro, sob estreita supervisão".

Segundo a Reuters, não houve mudanças na condição de Johnson, de 55 anos, após a primeira noite de internação na UTI do hospital St. Thomas, no centro de Londres.

Reino Unido registra menor número de mortes por covid-19

Gove informou que se houver qualquer mudança na condição do primeiro-ministro, o governo britânico fará uma declaração oficial ainda nesta terça-feira.

Agravamento dos sintomas

Johnson foi levado à UTI na tarde desta segunda-feira (6), um dia após ser hospitalizado devido ao agravamento dos sintomas da covid-19, incluíndo febre alta e tosse por mais de 10 dias.

No último dia 27, Johnson informou em uma rede social que havia testado postivo para a covid-19 e estava em isolamento domiciliar desde então. 

Devido ao agravamento dos sintomas, o secretário de Relações Exteriores, Dominic Raab, vai responder pelo governo na ausência do primeiro-ministro.