Novo Coronavírus

Internacional Com poucos infectados, Finlândia abre fronteira para países vizinhos

Com poucos infectados, Finlândia abre fronteira para países vizinhos

Ficam suspensas as restrições de viagens para Dinamarca, Noruega, Islândia, Estônia, Letônia e Lituânia; exceção apenas à Suécia, que sofre com a pandemia

  • Internacional | Do R7, com EFE

Governo finlandês continua orientando população a evitar viagens desnecessárias

Governo finlandês continua orientando população a evitar viagens desnecessárias

Pixabay

O governo da Finlândia anunciou na quinta-feira (11) a reabertura das fronteiras com todos os seus vizinhos bálticos e nórdicos a partir da próxima segunda-feira (15), exceto a Suécia, o país na região mais afetado pela pandemia da covid-19.

Saiba como se proteger e tire suas dúvidas sobre o novo coronavírus

A medida envolve a suspensão das restrições de viagens turísticas para pessoas da Dinamarca, Noruega, Islândia, Estônia, Letônia e Lituânia, que não deverão ficar em quarentena por 14 dias após a chegada à Finlândia.

Leia maisFinlândia abre escolas e diz que covid está controlada

Os seis países desta lista têm uma situação epidemiológica semelhante à da Finlândia, com um número relativamente baixo de infecções e mortes por COVID-19, em contraste com a Suécia, cuja taxa de mortalidade é quatro vezes maior que a da Dinamarca e oito vezes maior que a da Dinamarca. da Finlândia e dez da Noruega.

"Infelizmente, a situação de pandemia na Suécia ainda não nos permite levantar restrições ao tráfego transfronteiriço", disse a ministra do Interior da Finlândia, Maria Ohisalo, em entrevista coletiva.

O governo finlandês mantém no momento a recomendação a seus cidadãos de evitar "viagens desnecessárias" ao exterior, com exceção dos seis países nórdicos e bálticos mencionados.

A Finlândia planeja manter as fronteiras com o resto dos países Schengen fechados ao turismo até o final de junho, quando poderá anunciar o levantamento de restrições com outros países pouco afetados pela pandemia.

Por outro lado, as fronteiras externas (com países que não pertencem à União Europeia ou ao espaço Schengen) permanecerão fechadas até pelo menos 14 de julho.

Até o momento, a Finlândia registrou 7.064 casos confirmados e 325 mortes por covid-19, com uma taxa de 5,9 mortes por 100.000 habitantes.

De acordo com um relatório publicado nesta quinta-feira pelo Instituto Nacional de Saúde e Bem-Estar Social (THL), o número de novas infecções continua a diminuir em um bom ritmo e o fator R0 - a taxa de novas infecções por indivíduo infectado - está atualmente entre 0,7 e 0,8.

Últimas