Novo Coronavírus

Internacional Contato com infectado coloca autoridades dos EUA em quarentena

Contato com infectado coloca autoridades dos EUA em quarentena

Três membros do alto-escalão da força-tarefa de resposta à pandemia estão em observação; nenhum teve o diagnóstico de covid-19 confirmado

Reuters
Fauci, principal assessor científico do comitê de resposta à covid-19, está em quarentena

Fauci, principal assessor científico do comitê de resposta à covid-19, está em quarentena

KEVIN DIETSCH/EPA/EFE - 12.04.2020

Três autoridades sênior que orientaram a resposta dos Estados Unidos à pandemia de covid-19 se colocaram em quarentena no sábado depois de entrar em contato com alguém que havia tido um teste positivo para a doença, disseram suas agências e seus porta-vozes.

Anthony Fauci, um membro de 79 anos do alto escalão da equipe de resposta ao coronavírus da Casa Branca, é considerado em risco relativamente baixo com base no grau de sua exposição, segundo um representante do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas.

Fauci, diretor do instituto, testou negativo para a infecção e continuará sendo testado regularmente, afirmou em comunicado por e-mail.

Diretor do CDC

Robert Redfield, diretor do CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças, na sigla em inglês), "trabalhará remotamente pelas próximas duas semanas" após uma "exposição de baixo risco" na quarta-feira a uma pessoa na Casa Branca que tem a doença, informou o CDC em um comunicado.

Redfield tem 68 anos. Ele está "se sentindo bem" e não apresenta sintomas, acrescentou o comunicado.

Se for necessário ir à Casa Branca, Redfield seguirá as recomendações de segurança do CDC, como medir a temperatura, rastrear sintomas todos os dias, cobrir o rosto e distanciar-se, afirmou o CDC.

Comissário da FDA

O comissário da FDA (Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA, na sigla em inglês), Stephen Hahn, que tem 60 anos, também está em quarentena por algumas semanas depois de entrar em contato com alguém que testou positivo para a doença, disse um porta-voz da FDA à Reuters na sexta-feira (8).

Hahn imediatamente fez um teste para diagnosticar o vírus e os resultados foram negativos, disse o porta-voz da FDA em comunicado por e-mail.

Todas as três autoridades estavam deveriam depor na terça-feira a um comitê do Senado que examina as medidas que os Estados e o governo federal estão adotando para reabrir empresas e escolas após o fechamento pelo coronavírus.

Últimas