Reino Unido

Internacional COP26: Johnson pede desculpas à ministra israelense cadeirante

COP26: Johnson pede desculpas à ministra israelense cadeirante

Karine Elharrar foi impedida de participar de um encontro na cúpula da ONU por falhas de acessibilidade no evento

Reuters
Boris Johnson (à dir.) cumprimenta de maneira desajeitada Karine Elharrar (à esq.)

Boris Johnson (à dir.) cumprimenta de maneira desajeitada Karine Elharrar (à esq.)

Alberto Pezzali/Pool via Reuters - 2.11.2021

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, pediu desculpas à ministra de Energia de Israel depois que ela reclamou que a falta de acessibilidade para cadeirantes a impediu de participar de um encontro da Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas de 2021 — a COP26 — em Glasgow, na segunda-feira (1º).

Na terça-feira (2), um táxi com acessibilidade para cadeira de rodas, arranjado em cima da hora, transportou Karine Elharrar, que tem distrofia muscular, para o local das reuniões. O primeiro-ministro israelense, Naftali Bennett, um dos líderes mundiais presentes, acompanhou-a até a cúpula.

Elharrar disse na segunda-feira que se sentia triste por não poder chegar ao local da conferência uma vez que as únicas opções para acessar a área de reuniões eram caminhando ou embarcando em uma van que não era adaptada para sua cadeira de rodas.

Ela acompanhou Bennett em uma reunião com Johnson nesta terça, que foi gravada e divulgada em vídeo pelo gabinete do primeiro-ministro israelense. "Percebi que houve alguma confusão com os preparativos ontem. Lamento muito, muito por isso", disse o premiê britânico.

Anteriormente, o secretário britânico do Meio Ambiente, George Eustice, sugeriu em uma entrevista à BBC que Israel pode não ter informado aos anfitriões com antecedência as necessidades específicas de Elharrar.

Mas o porta-voz da embaixada de Israel no Reino Unido disse que a missão "comunicou todos os detalhes necessários a todos os envolvidos, conforme exigido, nas últimas semanas".

Os organizadores da conferência publicaram no Twitter nesta terça-feira: "Este foi um erro genuíno e pedimos desculpas por isso. Temos o prazer de vê-la [Elharrar] presente na COP26 hoje".

Últimas