Novo Coronavírus

Internacional Coreia do Norte: Kim ordena reforço das medidas contra o coronavírus

Coreia do Norte: Kim ordena reforço das medidas contra o coronavírus

A pandemia global covid-19 está pressionando ainda mais a economia do Norte, já atingida por sanções internacionais contra seu programa nuclear

Reuters
Líder norte-coreano Kim Jong Un aumentou as medidas contra a covid-19

Líder norte-coreano Kim Jong Un aumentou as medidas contra a covid-19

North Korea's Korean Central News Agency/Reuters - 24.05.2020

O líder norte-coreano Kim Jong Un ordenou um endurecimento dos sistemas anti-coronavírus de emergência do estado em face da pandemia mundial, enquanto presidia uma reunião do Politburo do Partido dos Trabalhadores no poder, informou a agência de notícias estatal KCNA, nesta segunda-feira (16).

A reunião ocorreu em meio às incertezas econômicas e políticas em torno da pandemia global covid-19, que está pressionando ainda mais a economia do Norte, já atingida por sanções internacionais que visam interromper seu programa nuclear.

Fazendo sua primeira aparição pública em 27 dias, Kim enfatizou a necessidade de manter um alerta máximo e intensificar o trabalho anti-epidêmico, informou a KCNA.

A Coreia do Norte havia testado mais de 12.000 pessoas e não relatou nenhum caso confirmado do coronavírus, até o início de novembro, de acordo com a Organização Mundial da Saúde.

Um total de 6.173 pessoas, oito das quais eram estrangeiras, foram detectadas como casos suspeitos e 174 pessoas foram colocadas em quarentena na última semana de outubro, disse a OMS.

Mais de 54 milhões de pessoas foram infectadas pelo novo coronavírus em todo o mundo e 1.312.334 morreram, de acordo com uma contagem da Reuters.

Kim havia convocado seu país a embarcar em uma campanha de 80 dias para atingir suas metas em todos os setores antes de um congresso em janeiro para decidir um novo plano de cinco anos.

Últimas