Novo Coronavírus

Internacional Dinamarca avança na reabertura graças ao passaporte sanitário

Dinamarca avança na reabertura graças ao passaporte sanitário

Bares e restaurantes já aceitam clientes com comprovação de teste negativo e vacina; outros estabelecimentos adotarão medida

Dinamarca avança na reabertura graças ao passaporte sanitário

Dinamarca avança na reabertura graças ao passaporte sanitário

Tim Barsoe/Reuters - 23.4.2021

A Dinamarca anunciou nesta terça-feira (4) novos passos para a reabertura, graças a uma situação epidemiológica controlada e a seu passaporte sanitário, um dos primeiros da Europa. 

Além dos cinemas e teatros, com reabertura já prevista, as academiar poderão retomar as atividades a partir de quinta-feira com a apresentação do "coronapas", um passaporte sanitário que certifica um teste negativo de menos de 72 horas, uma vacina ou uma recuperação recente da covid-19.

Os bares e restaurantes, que já recebem os clientes com a apresentação prévia do passaporte sanitário, deixarão de ser obrigados a aceitar apenas reservas. 

Os estudantes do ensino médio também poderão voltar às aulas, segundo o plano negociado no Parlamento. 

A partir de 21 de maio, o plano prevê o aumento da presença em eventos ao ar livre a até 2 mil pessoas, a volta dos estudantes às aulas com 50% de capacidade e a autorização de reuniões privadas de até 50 pessoas em áreas fechadas e até 100 em áreas abertas. 

Para a Eurocopa de futebol, que terá quatro partidas disputadas em Copenhague, está prevista a presença de 16 mil espectadores. 

A Dinamarca, país de 5,8 milhões de habitantes, tem atualmente um número de novos casos quatro vezes inferior ao registrado em dezembro, quando o país entrou em confinamento parcial.

A campanha de vacinação deve terminar em agosto. Atualmente, 11,5% da população está imunizada e 23,4% dos dinamarqueses receberam a primeira dose.

Últimas